FALTAM 18 DIAS: TSE USA REDES SOCIAIS PARA SE COMUNICAR COM ELEITOR E OFERECER SERVIÇOS

Comentários 0

Informações diversas podem ser obtidas por meio de assistentes virtuais instalados no microblog Twitter (@TSEjusbr) e no Facebook Messenger (@TSEJus)

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) usa intensamente as redes sociais para se aproximar cada vez mais do eleitor, criando canais alternativos de comunicação com seu público. Por meio de assistentes virtuais instalados no microblog Twitter (@TSEjusbr) e no Facebook Messenger (@TSEJus), os usuários das redes podem obter informações sobre candidatos a todos os cargos em disputa, consultar sua situação eleitoral, obter certidão de quitação eleitoral, verificar o local de votação e o número do título de eleitor, falar com o TSE e acessar um banco de dúvidas frequentes.

Basta que o eleitor acione o botão de mensagem. No Twitter, as opções já aparecerão instantaneamente quando esse botão for acionado. Já no Facebook Messenger é preciso que o usuário inicie qualquer diálogo, como um simples “olá”, para que a interação seja iniciada. O diálogo é travado com assistentes virtuais, conhecidos como “chatbots”, mecanismos de inteligência artificial preparados para responder a mais de 50 diferentes perguntas sobre o processo eleitoral.

Ao consultar a situação eleitoral de determinado candidato, o usuário terá acesso a seu número, seu plano de governo e sua situação da candidatura. Se quiser uma informação mais completa, o usuário é direcionado ao sistema DivulgaCandContas, e poderá inclusive consultar a prestação de contas.

Aplicativo para os mesários

A tecnologia também é utilizada pelo TSE para se comunicar com os quase dois milhões de mesários que trabalham como voluntários nas eleições de outubro. Por meio do aplicativo Mesário para as Eleições 2018, o TSE oferece uma ferramenta com instruções e orientações para complementar o treinamento oferecido a esses colaboradores. O App existe desde o pleito de 2016 e reúne informações para quem foi convocado ou se voluntariou para trabalhar nas eleições.

Dúvidas são esclarecidas com facilidade na opção “E se acontecer?”, que indica o caminho de acesso para conteúdos on-line e off-line, como manuais e vídeos de treinamento. O aplicativo poderá ser usado nas seções que têm ou não urnas com identificação biométrica e, após as eleições, a Justiça Eleitoral receberá feedback dos mesários por meio de um formulário disponibilizado no aplicativo. No site do TSE, há ainda o Canal do Mesário.

Mobiliário urbano

Uma parceria do TSE com o Twitter e com a empresa Otima, de mobiliário urbano, está permitindo, desde o dia 4 de setembro, a reprodução de conteúdo postado pelo perfil do TSE no Twitter (@TSEjusbr) em totens localizados em 35 locais nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro. As informações priorizam conteúdo de prestação de serviço ao eleitor, dados históricos das eleições e curiosidades sobre o processo eleitoral. A ação por meio de mobiliário urbano será mantida até o dia do pleito.

VP/RR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.