BACABAL: NATAL 2018. UM NATAL SEM CRIANÇAS E SEM “PAPAI NOEL”

Comentários 0

Um dado curioso, porém, esperado pela maioria da população bacabalense aconteceu neste Natal de 2018. Esqueceram das nossas crianças, principalmente daquelas mais carentes e necessitadas. É fácil lembram os anos que antecedem algum pleito eleitoral tanto para as eleições municipais quanto para as eleições gerais, aquele amontoado de “salvadores da pátria”, cada qual mais mentiroso que o outro “igual a urubu em carniça” que parecendo uma tropa de choque treinada em Israel invadem a cidade, em especial os bairros mais humildes e carentes levando ”cestas básicas” e “brinquedos” a todos. Pasmem: já houve casos aqui em Bacabal que deu até “treta” na disputa por espaços, deu BO. Cada qual mais preocupado com o povo.

Talvez eu possa estar enganado e as crianças de bacabal tenham viajado, quem sabe para a “Disney”, pode ser. Que talvez a população mais carente possa está fazendo uma “greve de fome” e bom que fosse contra estes políticos  famintos pelo poder. Só que este ano não se viu nenhum deles. Cadê aquele “bacana” de “bom coração”  que por muitas vezes e  até vestidos de Papai Noel já se travestiram para enganar o povo?

Em tempos idos,  estes mesmos entravam em casa em casa, carregavam crianças no colo, mesmo àquelas “catarrentas” o que obrigava a alguns quando chegavam em suas casas a passar álcool em algumas partes do corpo para se “desinfectar da pobreza”. É duro mais é verdade. Uma verdade que dói. Usam e abusam da ignorância política do seu povo. Em alguns casos aquele humilde e enganado pai de família no afã de agradar quem os desagrada oferece um “cafezinho” e  o candidato caô para não fazer feio finge que toma, sai de fininho e joga fora o que lhe foi oferecido com a mais pura ingênua inocência política.

O curioso e triste é que até mesmo os políticos novatos na arte,  já aprenderam as manhas e sumiram também.

Mas o que aconteceu que este ano não houve essa distribuição de brinquedos e cestas básicas? Deixa-me usar o meu 1% por cento dessa minha cabeça animal.  Será que é porque eles esqueceram? Não. Não é. Será que é porque eles estão “lisos”, sem dinheiro, igual a grande maioria? Não. Não é. Será que é porque não encontraram brinquedos e cestas básicas para comprar? Não. Não é. Será que eles não têm crédito na praça para comprar e pagar depois? Não. Não é. Peraí… Pode ser para alguns. Será que estão achando que o povão tem a cara de trouxa? Não. Não é. Eles respeitam por demais o seu povo. Não. Não encontrei a resposta. Mas… vou arriscar aqui.

Tinha esquecido que o ano que vem (2019) não haverá eleição. Mas fique tranquilo, pois o natal de 2019 será recheado de brinquedos e cestas básicas. Afinal, não custa nada esperar. Só falta mesmo um ano.

Mas, para não cometer injustiça,  você político que fez diferente mande para nossa redação as suas ações que divulgaremos.

FOTOS: ILUSTRATIVAS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.