Foram apresentados na Delegacia do 1º Distrito Policial de Bacabal, por volta das 14h50, Raimundo Nonato Nunes Neto, 26, residente na Rua Djalma Dutra, Centro; apreendidos os menores ALB, 15, residente na Rua Trindade Vale, Centro; RNS, 16, morador do Jardim Valéria; LRFS, 17, Vila Coelho Dias, e MOLF, 16 anos, que reside na Rua Clores Miranda, Centro, também, em Bacabal.

Screen Shot 01-18-17 at 11.24 PM

MENORES APREENDIDOS

A senhora Deuzilandia Chanster Cutrim Frazão, ligou para o Copom do 15º BPM, pedindo orientação e ajuda, uma vez que seu filho menor de idade das iniciais LRFS teria chegado a sua casa portando um revólver, o que a deixou muito assustada.

12939303_10208924212884027_1104994997_n - Cópia

RAIMUNDO NONATO NUNES NETO

Diante das circunstâncias os policiais militares foram até a residência de dona Deuzilandia. No local apreenderam o menor e a arma de fogo, um revólver, calibre. 38 mm, de número 713204. Os policiais conversaram com o menor e começaram a diligenciar, sendo detidas as pessoas acima citadas.

Há evidencias que Raimundo Nonato Nunes, seja o proprietário da arma e quem fornecia a mesma para os menores de idade cometerem delitos. A polícia civil dará continuidade as investigações onde apurará a responsabilidade de cada envolvido nesta ocorrência.

12953046_10208924218204160_1124085980_o

ARMA APREENDIDA

Participaram da ação os Cabos PM Josidarck, Custódio e Carlos César, todos integrantes do 15º BPM.

Com informações do Sargento PM Edson Nicolau do 15º BPM/Copom.

Kaio  Gilleno Araújo dos Santos, morador do bairro Alto da Assunção; Robson Airton Silva, morador da rua Maranhão Sobrinho; e Leandro Pereira Silva, morador do residencial Terra do Sol, foram apresentados agora há pouco na 16ª Delegacia Regional de Bacabal após serem detidos por uma guarnição do destacamento da Polícia Militar, em São Luís Gonzaga do Maranhão, onde os três estavam naquela cidade, em atitude suspeita, no interior de um veículo Celta, cor vermelha.

imagem143

RÓBSON, CAIO E LEANDRO

Com eles foi encontrado 1 revólver, calibre 22, com três munições intactas e uma deflagrada.

Os três são de Bacabal e a polícia suspeita que os mesmos planejavam cometer assalto.

A guarnição policial era composta por cabo Jadson e soldados Bezerra e Roberson.

Por Sérgio Matias

Mais de 16 milhões de brasileiros adultos (8,1%) sofrem de diabetes e a doença mata 72 mil pessoas por ano no Brasil, revela um relatório da Organização Mundial de Saúde (OMS) divulgado nesta quarta-feira (6).

Publicado em razão do Dia Mundial da Saúde, a ser comemorado hoje (7) com o lema “Vencer a Diabetes”, o relatório da OMS conclui que 422 milhões de adultos em todo o mundo viviam com diabetes em 2014, quatro vezes mais do que em 1980.

imagem142

No mesmo período, informa o documento, a prevalência da diabetes quase duplicou de 4,7% para 8,5% da população adulta, o que reflete um aumento dos fatores de risco associados, como o excesso de peso, a obesidade e a inatividade física.

No Brasil, a prevalência da diabetes é de 8,1%, ligeiramente abaixo da média mundial, e é maior nas mulheres (8,8%) do que nos homens (7,4%). O excesso de peso afeta 54,2% dos brasileiros, a obesidade 20,1% e a inatividade física 27,2. A diabetes provoca a morte de 72.200 brasileiros com mais de 30 anos e representa 6% de todas as mortes. O excesso de glucose no sangue é responsável por mais 106.600 mortes por ano no Brasil.

Portal Terra

Celular está em 80% das casas e PC, em 76,6%; dado do IBGE é de 2014. Pnad mostra que, pela 1ª vez, internet chega a mais de 50% das casas.

imagem140

Os smartphones ultrapassaram os computadores e se tornaram os aparelhos preferidos do brasileiro para se conectar à internet em 2014, mostra a Pesquisa Nacional Por Amostra de Domicílios (Pnad), divulgada pelo Instituto Brasileira de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira (6).

Os dados referentes a 2014 indicam ainda, pela primeira vez, que a internet chegou a mais da metade das casas brasileiras. 29,6 milhões das 36,8 milhões de casas conectadas dispõem de um telefone móvel para se conectar, o que representa 80,4% do total.

 Computadores no 2º lugar

Até 2013, o posto de dispositivo queridinho dos brasileiros para acessar a rede era ocupado pelos computadores. Mas, em 2014, o jogo virou. Presentes em 76,6% das casas, esses aparelhos caíram para a segunda colocação.

Tablets e TVs inteligentes tinham, respectivamente, 21,9% (8,1 milhões) e 4,9% (1,8 milhões) dos domicílios ligados à internet. Para esse critério, o IBGE inclui na conta todos os aparelhos de uma residência para se conectar à internet. Por isso, a soma total das porcentagens parciais ultrapassa os 100%.

Há casas que utilizam apenas um desses dispositivos online. O número das que usam só celular ou tablet já superou a quantidade das que tinham só de PCs. Em 2013, os computadores eram responsáveis exclusivos por conexões em 42,4% das casas, enquanto celulares ou tablets respondiam pelo acesso em 11,5% do total.

imagem141

Com isso, o placar da virada ficou em: TV (17,4%) x celular ou tablet (23,1%). Esse cenário se tornou realidade em 21 estados e no Distrito Federal, com destaque para o Amapá (2,1% para PCs, e 49,5% para aparelhos móveis) e menor diferença em Minas Gerais (20,4% x 23,2%).

A vitória se repete em Roraima, Amazonas, Pará, Sergipe, Piauí, Acre, Tocantins, Maranhã, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Norte, Mato Grosso, Alagoas, Goiás, Espírito Santo, Paraíba, Ceará, Bahia, Pernambuco, Rondônia e no Distrito Federal.

Onde os PCs ainda dominam?

No Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, os PCs continuam na frente.

O IBGE registrava até 2013 as conexões feitas com computador, mas a partir deste ano passou a contabilizar acessos com smartphones, tablets, TVs e outros dispositivos.

A guinada do brasileiro rumo a aparelhos móveis fez a banda larga móvel dar um salto. De 2013 a 2014, foram de 19,3% para 62,8% das casas conectadas. A banda larga fixa, que é o motor das redes Wi-Fi, também avançou e chegou a 71,9% das casas online.

Em alguns estados, a internet de alta velocidade móvel já está presente em mais casas do que a modalidade fixa. São todos os estados da região Norte, além de Alagoas, Ceará, Rio Grande do Norte, Mato Grosso, Sergipe, Maranhão e Piauí.

Menos de 1% com internet discada

O IBGE constatou ainda que a coexistência dos dois tipos de banda larga é observado em 35,5% dessas residências. Por outro lado, já em franco desuso, aparece a conexão discada, presente em 0,8% dos lares com acesso à internet.

Portal G1

Foram apresentados no 16º DP da Vila Embratel, às 01h10, de hoje (06), Mateus Borges da Silva, 24, e Wiliberg Silva Moura, 34 anos. Mateus ao perceber a presença policial se evadiu entrando em uma residência.  Com a permissão da proprietária do imóvel de nome Mary, os policiais fizeram uma revista sendo encontrado dentro de uma sacola: 22 (vinte e dois) papelotes de maconha; 02 (dois) papelotes de crack e R$ 5,00.

imagem135

WILIBERG E MATEUS BORGES / ACUSADOS

Indagada, Mary, disse que a droga pertencia a Mateus. Na delegacia foi constado que Mateus, está foragido há seis dias, quando pulou o muro da penitenciária.

12966092_10208919720851729_959146241_n - Cópia

DROGA APREENDIDA

Operação do Grupo Tático Móvel (GTM/1ºPM/CPAM-3).

Lei não permite concessão a funcionalismo público 180 dias antes do pleito. Objetivo é evitar abuso de poder político, com desequilíbrio na disputa.

Os municípios não podem, a partir desta terça-feira (5), conceder um aumento acima da inflação ao funcionalismo público. A proibição está prevista na lei 9.504, de 1997, que regulamenta as eleições no Brasil.

De acordo com o artigo 73, inciso VIII, “os agentes públicos são proibidos de fazer, na circunscrição do pleito, revisão geral da remuneração dos servidores públicos que exceda a recomposição da perda de seu poder aquisitivo ao longo do ano da eleição, até a posse dos eleitos”.

O prazo é definido tanto pela lei como pela resolução 22.252, de 2006, do TSE (Tribunal Superior Eleitoral): 180 dias antes do pleito. O objetivo é evitar o abuso de poder político, com o desequilíbrio na disputa no caso dos prefeitos que tentam a reeleição ou apoiam determinado candidato na disputa.

imagem134

A lei diz ainda que “a concessão de benefícios a servidores públicos estaduais nas proximidades das eleições municipais também pode caracterizar abuso do poder político, desde que evidenciada a possibilidade de haver reflexos na circunscrição do pleito municipal, diante da coincidência de eleitores”.

Outros prazos

Em 2 de julho, os agentes públicos também não poderão “nomear, contratar ou de qualquer forma admitir, demitir sem justa causa, suprimir ou readaptar vantagens ou por outros meios dificultar ou impedir o exercício funcional e, ainda, ex officio, remover, transferir ou exonerar servidor público, na circunscrição do pleito, até a posse dos eleitos, sob pena de nulidade de pleno direito”. Há algumas ressalvas como, por exemplo, a nomeação de aprovados em concursos públicos homologados até esta data.

A transferência voluntária de recursos da União aos municípios também fica vedada por lei, três meses antes da disputa.

A partir do dia 2 de julho, ficam ainda proibidos shows artísticos pagos com recursos públicos durante eventos da prefeitura, o comparecimento dos candidatos em inaugurações de obras e o pronunciamento em cadeia de rádio e televisão fora do horário gratuito, a não ser que a Justiça Eleitoral permita, por se tratar de “matéria urgente, relevante e característica das funções de governo”. (Portal G1)

Um sargento do Exército Brasileiro morreu hoje (5) em São Luís após participar de um teste de aptidão física.

Segundo a Seção de Comunicação Social do 24º Batalhão de Infantaria Leve (BIL), José Adilson Ferreira era 2º Sargento e Músico, e participava de uma sessão de corrida na Avenida Litorânea, como parte do TAF.

imagem133

Ele passou mal e “apagou” no local, recebeu os primeiros socorros e depois foi encaminhado ao hospital Centro Médico, onde mesmo após uma séria de 30 minutos de tentativa de reanimação, não reagiu, sendo dado oficialmente como morto.

Por Gilberto Léda

Uma operação conjunta do Serviço de Inteligência do 15º BPM e 2ª Companhia de Polícia Militar da cidade de São Mateus do Maranhão conseguiu deter dois homens e uma mulher acusados da prática do crime de estelionato. Todos residem em Bacabal.

12952959_10208919713771552_1177461581_o

Fábio Marques Sousa, 38 anos, morador do bairro São Raimundo; Valdivino da Silva, 24 anos; e a senhora Luzia Gomes Pereira, 45 anos, ambos moradores do bairro Trizidela, retornavam da capital maranhense em um Ford/KA, cor vermelha, placa PSF-2908, Bacabal-MA. Ao passarem pelo perímetro urbano de São Mateus do Maranhão, já no final da tarde desta terça-feira (5), eles foram abordados pelos policiais que tinham recebido denúncias.

12946998_10208919715851604_1268686337_o

No interior do veículo foram encontrados cartões bancários em nome de terceiros, cédulas falsas de identidade  (provavelmente para efetuar saques nos caixas eletrônicos), determinada quantia em dinheiro em espécie e o comprovante de um depósito bancário no valor de R$ 11.900,00 que Fábio Marques havia feito, às 13h43 desta terça-feira, na conta corrente de Paulo Henrique Vidal de Sousa, na agência da Caixa Econômica Federal, do bairro Areinha, em São Luís.

imagem132

Aos polícias Fábio disse que só teria dado carona às outras duas pessoas e que não tinha conhecimento que as mesmas cometiam alguma prática delituosa. Os três foram trazidos para Bacabal e apresentados, por volta das 20 horas, na 16ª Delegacia Regional de Bacabal.

Já na delegacia a polícia encontrou no aparelho telefônico de Valdivino comprovantes de depósitos e uma selfie tirada por ele quando seguiam viagem. Na imagem é possível ver que, além da alegria regada a latinhas de cerveja, no banco de trás há mais outras duas mulheres; uma é Luzia Gomes usando um vestido diferente e, no meio, uma pessoa que desceu do veículo antes da abordagem policial e que deverá ser identificada posteriormente.

Por Sérgio Matias

1 205 206 207 208 209 225