SAMU: CRISE PODE RESULTAR NA PARALISAÇÃO DOS MÉDICOS

Comentários 0

 Os médicos do quadro do Serviço de Atendimento Móvel de  Urgência – SAMU, na cidade de Bacabal, podem parar as atividades nesta quinta-feira (2).

Os profissionais não receberam os salários no mês de dezembro e a atual gestão argumenta que não tem como pagar dezembro e janeiro. Segundo apurou o editor deste Blog, o compromisso da administração municipal é pagar integramente o mês de janeiro e negociar o pagamento do mês de dezembro.

Agentes de Endemia ameaçam parar

Uma fonte afirmou ao editor do Blog que os Agentes de Endemia também estão na mesma situação. Não receberam o salário do mês de dezembro. Existe a possibilidade de que esses agentes paralisem as atividades, de acordo com as negociações que estão em andamento. (Por Louremar Fernandes).

Deixe uma resposta