ESPOSA DO TENENTE-CORONEL MIGUEL NETO NÃO RESISTIU AOS FERIMENTOS E VEIO A ÓBITO

Comentários 0

A esposa do Tenente-coronel Miguel Neto, Clodiany Carvalho Garcia, 37 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu, minutos depois de ser atingida pelo companheiro com seis tiros, principalmente na face. O fato aconteceu nesta manhã (11) na cidade de Barreirinhas, na Rua Francelina, centro da cidade, onde o casal tinha uma casa.

Segundo informações a esposa do oficial estava sendo mantida em cárcere privado. Que por toda a noite e madrugada de hoje, o militar a espancou, chegando inclusive a aumentar o som automotivo do seu veículo com o intuito dos vizinhos não ouvirem o que se passava no interior da casa, porém, não adiantou e chamaram a polícia.

CORPO DO TENENTE-CORONEL MIGUEL NETO

Dois Soldados foram até o local com o objetivo de averiguar a situação, quando se depararam com o Tenente-coronel muito exaltado. Informações dão conta que a guarnição desarmou o oficial, tomando deste um revólver.

Já com a vítima dentro da viatura, o Tenente-coronel Miguel Neto se aproximou da viatura militar com uma sacola nas mãos com se fosse entregar a sua esposa. No momento que esta baixou os vidros para receber a encomenda, este tirou de dentro da sacola uma segunda arma, uma pistola e efetuou vários tiros contra a mesma e em seguida atirou contra a sua própria cabeça tendo morte no local.

ARMA UTILIZADA PARA O COMETIMENTO DO HOMICÍDIO SEGUIDO DE SUICÍDIO

Foi tudo muito rápido e os dois policiais militares que atenderam a ocorrência nada puderam fazer. Clodiney ainda com vida e muito desfigurada ainda foi levada ao hospital local, porém, veio a óbito.

Deixe uma resposta