15º BPM (CPAI-1): BOCA DE FUMO É DESARTICULADA NO BAIRRO NOVO BACABAL

Comentários 0

A determinação do comando do 15º Batalha de Polícia Militar de Bacabal é:  “intensificar as rondas para prender a bandidagem e sufocar o tráfico de droga”. É o que tem acontecido nos últimos dias.

Na manhã da última quinta-feira (1), mais uma boca de fumo foi desarticulada, dessa vez, no bairro Novo Bacabal. O local que funcionava como um bar, também segundo a polícia, servia como ponto de venda e consumo de drogas.

A ação aconteceu na rua 13 maio, onde foram encontradas 27 cabeças de uma substância análoga a crack, que, segundo a polícia, pertence a Thiago dos Anjos, 20 anos de idade, que é o dono do bar que funcionava como ponto de venda. A  droga que estava embalada e pronta para comercialização foi encontrada dentro de um  fogão na casa de Thiago, que pelo quintal dá acesso ao referido bar.

THIAGO, FRANCISCO, WENDEL E LUCAS

No suposto estabelecimento, a polícia ainda apreendeu maços de cigarros, dinheiro e vários quadros de bicicletas.

Todo material apreendido, como também o proprietário do bar Thiago, e mais três indivíduos que foram encontrados do local, Lucas kainan da Silva, de 20 anos, o ‘Cabeção’, Wendel Brito do Carmo, 27 anos e Francisco da Silva, 30 anos, foram apresentados no plantão central da delegacia do 1º Distrito Policial, sem lesões, para que todas as providencias cabíveis fossem tomadas.

Na delegacia o Sargento PM  Nadson comandante da operação, informou que todos já têm passagens pela polícia por assalto a mão armada.

Wendel Brito do Carmo, 27 anos, está com 2 (dois) anos na condicional, o mesmo estava preso pela prática de assalto a mão armada. “Só quero dizer que não tenho nada a ver com essa droga aí não. Eu já cumpri minha bronca e não vou assumir nada de ninguém!”, disse Wendel.

“Temos  avisado aos traficantes de Bacabal, que coloque suas barbas de molho ou então vazem daqui (Bacabal). Não vamos parar por aqui, vamos chegar a todos é questão de tempo. Como eu já falei: essa equipe em todos os serviços estoura uma boca de fumo. Pedimos, também,  ao cidadão de bem, aquele que não comunga, que não aceita esse tipo de coisa, principalmente, nas proximidades das suas casas, que nos procure de forma anônima para denunciar, pois, tomaremos as providências necessárias”, disse o Sargento PM Nadson. (Blog Falando Serio).

Deixe uma resposta