PREFEITO DE LAGO VERDE ROMPE COM A FAMÍLIA CÔCO E SOBRA ATÉ PARA O PRESIDENTE DA CÂMARA

Comentários 0

Informações dão conta que o prefeito de Lago Verde, Dr. Francisco, rompeu politicamente com o vice-prefeito Jesus Côco. O motivo surpreende. Segundo as especulações nos bastidores, o gestor não estaria suportando a intensa pressão que o vice e seus familiares fazem sobre seu governo e, principalmente, sobre sua pessoa.

Sem saída e sem alternativas, o médico-prefeito optou por romper com o vice e também com os familiares do mesmo, entre eles, ex-prefeito Chico Côco e o ex-vereador Chico Maroca.

Ainda segundo informações, além de vultosos salários no valor de 10 mil reais, o prefeito ainda era obrigado a pagar prestações de camionete para aliado. Ainda assim, eles nunca estavam satisfeitos. Enchiam a folha de funcionários e queriam mais. O prefeito não suportou tamanha pressão e rasgou as toalhas.

Dr. Francisco demonstra está com uma postura mais firme e, em decorrência, sobrou até para o atual presidente da Câmara Municipal, o vereador Latino. Eleito através da articulação do secretário de Administração, Marquinho Lera, Latino, logo após assumir o cargo de presidente, se revelou contra o prefeito e contra o próprio secretário.

Latino seria outro insatisfeito sem motivo. Além do comando da Câmara, o vereador teria, nada mais e nada menos, que 10 diretores de escolas e cerca de 70 funcionários (incluindo esposa, irmão e irmã) na Prefeitura de Lago Verde, todos indicados por ele. Mesmo com tanto prestigio junto ao prefeito, Latino devolve o reconhecimento falando mal de Dr. Francisco, reclamando de salários de servidores contratados atrasados.

O certo é que o prefeito não suporta mais pressão desses aliados insatisfeitos e decidiu se apartar deles. Vamos ver qual será a reação que vem por aí. (Blog do Carlinhos Filho).

Deixe uma resposta