BLOGUEIRO DE COELHO NETO SOFRE AMEAÇAS, REGISTRA B.O E VAI DEIXAR A CIDADE

Comentários 0

O blogueiro Homero Lima, editor do blog Observatório dos Cocais, usou as redes sociais ontem para comunicar que está sofrendo ameaças e pretende deixar a cidade de Coelho Neto.

Ele procurou a delegacia para registrar um boletim de ocorrência sobre as ameaças públicas sofridas em plena luz do dia na praça João Santos.

Veja a nota de Homero Lima:

Queridos amigos, temendo por minha segurança e por minha vida divulgo nas redes sociais estes fatos, os quais também já comuniquei a polícia como vocês podem ver no registro abaixo. Na tarde de hoje, quarta-feira (29/05) por volta das 16:30h, enquanto acompanhava a obra do tapa buracos na praça João Santos em Coelho Neto, fui abordado por pessoa que até então eu desconhecia. Esse pessoa me fez indagações a respeito de texto que veiculei em meu blog (Observatório dos Cocais) na noite de ontem, cujo oTítulo é “Mais um trambique…”. Visivelmente irritada, essa pessoa que até então era pessoa desconhecida por mim, questionou o que eu tinha contra a pessoa do vice-prefeito Antônio Pires, e quais motivos me levaram a escrever aquele texto. Bradou que não é da conta de ninguém quem trabalha ou deixa de trabalhar para o vice-prefeito, muito menos a quem o carro pertence. A pessoa ainda declarou não ser usuária de medicamento tarja preta, e falou que eu terei de provar que ele não tem CNH. Ao final, assumindo tom ameaçador, essa mesma pessoa disse se eu voltasse a tocar no assunto iria me arrepender e que ainda vou pagar pela postagem de ontem.

Quero destacar ainda, que ao longo do dia, fui alertado por alguns amigos que alguém estava a minha procura, tendo ido a diversos lugares pela cidade tentando me encontrar. O que demonstra bem o clima animosidade e risco que se apresenta para mim. Afinal, se essa pessoa me encontra distraído e sozinho em algum lugar, o que ele não poderia ter feito? Este é o clima em Coelho Neto, amanhã terei novamente que voltar à delegacia para fazer a representação e logo em seguida, por orientação do meu advogado, estarei saindo da cidade “até a poeira baixar”. (Fonte: Marrapa).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.