EM 2020: A CIDADE DE BACABAL PODERÁ TER O MAIOR NÚMERO DE CANDIDATOS A PREFEITO DE TODA A SUA HISTÓRIA

Comentários 0

A pouco mais de um ano  para as eleições municipais de 2020, a cidade de Bacabal já respira, ou melhor, nunca deixou de respirar o clima da sucessão do prefeito Edvan Brandão, que com certeza também concorrerá ao pleito, buscando a sua reeleição. Como o percurso ainda está um pouco distante e ainda não dar para avistar a linha de chegada, muitos já apregoam aos quatro cantos da cidade que são pré-candidatos. Destes nomes, poucos chegarão a cruzar a linha de chegada, a grande maioria, sem fôlego, ficarão pelo meio do caminho ou servirão de buchas de canhão para engrossar outras candidaturas mais fortes. Nomes comuns em todas as eleições, outros nomes poderão surgir e ressurgir do nada, dentre tantos que serão surpresas para muitos.

Este Blog fez uma relação de alguns nomes que já são anunciados por aí, uns nos senadinhos da cidade e outros que fazem questão de se autoproclamarem pré-candidatos. Atualmente, este número ultrapassa duas dezenas de salvadores da pátria. Confira:

  • EDVAN BRANDÃO:  Atual prefeito, chegou ao cargo com o impedimento do ex-prefeito José Vieira Lins por ser a época presidente da câmara municipal de Bacabal e em seguida venceu as eleições suplementares. Edvan se afeiçoou ao cargo e com certeza disputará as eleições de 2020. O que é bem prático por ser o atual prefeito, disputará no exercício do cargo o que o ajudará e muito.
  • ROBERTO COSTA: Deputado Estadual, disputou as últimas eleições municipais. Pertence ao mesmo grupo do atual prefeito. Vive um bom momento como deputado estadual junto ao atual governo de Flávio Dino, fato que poderia lhe deixar de fora da disputa.
  • CESAR BRITO: Disputou as eleições complementares e foi derrotado pelo atual prefeito, Edvan Brandão. Nunca foi um político nato o que pesa sobre o seu nome. Após a eleição suplementar, sumiu, pedindo inclusive licença o que o afastou ainda mais do povo. César Brito é mais um dos pré-candidatos que corre atrás dos votos do reduto deixado por José Vieira Lins (In Memoriam), mas, que não está sendo nada fácil para o vereador.
  • CORONEL EGÍDIO: Dissidente do grupo do ex-senador João Alberto, onde perdeu muito espaço ou na realidade nunca teve, principalmente, depois que entrou na justiça contra o aumento da taxa de iluminação pública. Desprestigiado, resolveu seguir carreira solo.
  • DR. BENTO VIEIRA:  Excelente advogado, disputou as eleições municipais de 2016, preferiu ficar de fora da suplementar. Tem um bom plano de governo, mas ainda não conseguiu a simpatia do chamado povão.  Deve ir para mais uma disputa.
  • PROFESSOR MANINHO:  vive o impasse de tentar a reeleição para o cargo de vereador ou se aventurar em mais uma disputa ao cargo do executivo municipal. Tentar a reeleição ao legislativo seria o mais viável depois do fracasso na eleição suplementar onde conseguir perder para Luizinho Padeiro, jovem bacabalense que nunca teve um cargo eletivo.
  • LUIZINHO PADEIRO: o seu grande trunfo foi vencer o vereador Maninho na eleição suplementar.  Mas dá sinais que não disputará as eleições de 2020, apoiando uma outra candidatura.
  • DR. EUFRASIO: Médico e advogado, esboçou voo em 2016, mas perdeu força e altitude e não saiu candidato. Nas eleições suplementares nem tocou no assunto.
  • SIMPLÍCIO ARAÚJO: bacabalense, mas, radicado no município de Pedreiras onde se tornou empresário e político, exercendo o cargo de deputado federal. Nas três eleições que disputou ao mesmo cargo, foi suplente as três vezes. É o atual secretário de Indústria e Comércio do governo Flávio Dino. Simplício tenta uma reaproximação com o seu município de origem. Mas o namoro ainda não passou de um flerte.
  • GAROTO ORLANDO: por gostar de política é nome quase certo na disputa de 2020.
  • BATATINHA (FRANCISCO ALVES): Em seu currículo só faltou ser candidato a presidente da República. Hoje funcionário público e ausente das últimas disputas, esboça uma volta triunfal.
  • JUNIOR DA CAÇAMBA:  Baixou Guaidó nas redes sociais se lançando candidato. Fez parte do primeiro time do ex-prefeito José Vieira Lins (In Memoriam) entre 1997 e 2000, entrando algumas vezes no segundo tempo, acabou na reserva. Tentou voltar ao time no último mandato do veim, mas, apenas treinou em separado.
  • FATIMA VIEIRA: Filha do ex-prefeito José Vieira Lins (In Memoriam) foi deputada estadual e sumiu da terrinha.  Com a morte do pai tenta uma reaproximação com o povo de Bacabal, mas não tá nada fácil, pois o eleitorado deixado por José Vieira tá solto.
  • SONIA MARIA: bacabalense, secretaria de educação do município de Zé Doca, entra mais para divulgar o nome do seu patrão que pretende ser governador.
  • JOSÉ ALBERTO OU ALBERTO FILHO: o ex-prefeito que deixou o cargo com baixíssimo índice de popularidade, vez por outra comenta uma possível candidatura. Já o seu filho, ex-deputado federal Alberto Filho, com dois mandatos no legislativo federal não conseguiu dizer ao povo de Bacabal e do Maranhão o que foi fazer em Brasília, corre por fora como a segunda opção da família Veloso ao cargo de prefeito de Bacabal.
  • EXPEDIDO DA SUCESSOR MAGAZINE OU FABÍLSON: empresário bem sucedido e sem rejeição junto ao eleitorado de Bacabal, o senhor Expedido, já demonstrou ser um excelente administrador. Um bom nome. Já o seu filho, Fabílson, é sangue novo na política bacabalense.
  • DR. SOARES DA BRASIL ATACAREJO: também um empresário bem sucedido, tem que começar montando uma boa assessoria jurídica, o que faltou nas eleições de 2016, quando deixou de disputar a eleição por um imbróglio jurídico.
  • JOSÉ CLÉCIO: Dono de uma das maiores micaretas do nordeste, sempre acalentou o sonho de ser prefeito de Bacabal. Em 2018 nas eleições suplementares tentou reunir forças em torno do seu nome, mas, não sentindo terra nos pés ficou pelo caminho e resolveu apoiar o candidato César Brito. Agora com a briga incessante por um canal de TV, abaixou o facho. Mas como sempre foi ousado não será nenhuma surpresa se sair candidato em 2020.
  • CARLINHOS OU FLORÊNCIO NETO: em seu terceiro mandato consecutivo, Carlinhos Florêncio está muito confortável no governo Flávio Dino o que o impede de se aventurar numa campanha cara rumo ao executivo municipal. Já o filho Florêncio Neto, dificilmente partirá para uma candidatura própria e mais uma vez deverá buscar ser vice-prefeito em uma coligação qualquer, até porque quando prefeito no impedimento do ex-prefeito José Vieira (In Memoriam), não tomou nenhuma atitude que justificasse a assunção do cargo por medo ou fiel e cega obediência ao seu líder. Florêncio Neto ainda poderá ser candidato ao legislativo.
  • ALANA ALVES: filha do ex-deputado estadual Pedro Alves (In Memoriam), folclórico e que também foi pastor da Assembleia de Deus não conseguiu ter a eloquência e nem a popularidade do pai e só aparece na cidade em época de eleição, ou seja, de quatro em quatro anos.
  • GISELE VELOSO: jovem e simpática ainda não conseguiu sucesso na carreira política.
  • JOSÉ CARLOS REIS: conceituado médico oftalmologista ao longo da sua carreira política ainda não conseguiu angariar a simpatia do eleitorado bacabalense. Seu maior trunfo na política foi ser terceiro suplente de deputado federal nas eleições de 2002. Pode retornar a qualquer momento. 
  • GRACIETE LISBOA: atual vice-prefeita nunca escondeu o desejo de ser a chefa do executivo bacabalense. Como trunfo tem o aval do ex-prefeito Dr. Lisboa.
  • DR. MAURÍCIO CARVALHO: jovem médico bacabalense e dono de uma das maiores clínicas da região é a bola da vez. Assediado por vários políticos. Nome que pesará muito nas próximas eleições.
  • CAZUZA DO PARAÍBA: visionário, passou a frente de uma das principais lojas do nordeste, só aqui em Bacabal, mais de uma década. Se afeiçoou a cidade, ao seu povo, aos seus costumes. Um nome novo para a política bacabalense.

Porém, como diz o ditado “até o bicho pegar” muitas destas pré-candidaturas ficarão pelo caminho e outras poderão surgir. Qualquer das pessoas que teve aqui o nome citado, pode fazer qualquer comentário ou explicação através do e-mail: blogandrearaujo@gmail.com

Deixe uma resposta