CASO KAUAN: MAIS TRÊS ENVOLVIDOS NA MORTE DO MENOR FORAM DETIDOS NA MANHÃ DE HOJE (2). A POLÍCIA CIVIL CUMPRIU MANDADOS DE PRISÃO E APREENSÃO

Comentários 0

Nas primeiras horas da manhã de hoje (2) uma equipe de investigadores da 16° Delegacia Regional de Polícia Civil da cidade de Bacabal sob o comando do delegado Daniel Arruda deu cumprimento a vários mandados de busca, apreensão e prisão de pessoas envolvidas no crime de homicídio contra o menor Kauan Vieira Marinho, 14 anos, morto na Avenida Mearim no último dia 23 de agosto por uma suposta facção criminosa de Bacabal.

Ao amanhecer um menor foi apreendido, enquanto uma pessoa de nome Diego Santos foi preso. Já por volta das 10h00 foi preso Yago Lisboa Novaes.  Para o delegado o caso já está em fase judicial uma vez que o inquérito já foi concluído. No total sete envolvidos já estão detidos ou presos, dentre os quais Seu Cler, PH, Boladão, Zé Buxinho e Carlinhos Bolota. Os envolvidos responderão por crime tentado e consumado e também por organização criminosa.

DYEGO SANTOS TAVARES E YAGO LISBOA NOVAES

Os mandados de prisão são desfavor das seguintes pessoas: Antonio Hemerson Batista Da Silva, Pedro Henrique Moraes Da Silva, Ronilson Francisco De Souza, Randenson Da Cruz Costa “Seu Cler”, Antonio Carlos Dos Santos “Carlinhos Bolota”, Yago Lisboa Novaes e Dyego Santos Tavares

Em entrevista ao Repórter Romário Alves, o delegado Daniel de Arruda, disse que as investigações dão conta de que diversos indivíduos associaram-se em grupos criminosos – facções, a fim de praticarem crimes contra a vida (homicídios), roubos e tráfico de drogas em Bacabal, contando, inclusive, com a participação de menores na execução dos crimes, alguns ainda em fase de apuração.

A Polícia Civil em Bacabal conseguiu identificar todos os autores do crime e, após decisão judicial pelas prisões e apreensão para fins de internação, foram prontamente cumpridos, a priori, 08 decisões de prisão/apreensão.

Mais informações na programação local da TV Difusora Bacabal canal 02 com Romário Alves._

Relembre o caso

O fato aconteceu na Avenida Mearim, centro de Bacabal. Kauan foi atingido por três disparos nas costas e morreu no local e que os suspeitos estariam a procura de um irmão da vítima conhecido por “Pato Roco”    que tem várias passagens pela polícia por assaltos e outros delitos. Não encontrando o desafeto resolveram se vingar atirando contra os irmãos do mesmo.

Mais detalhes no programa Bandeira 2, na TV Difusora, canal 2 (Sbt), às 06h45.

Deixe uma resposta