JOVEM BACABALENSE MORRE EM CONFRONTO COM A POLÍCIA MILITAR, NO PARÁ

Comentários 0

José Lucas teria sido visto circulando pelo Bairro Novo Brasil, armado de revólver.

Foi identificado como José Lucas Freitas Duarte, 19 anos, o jovem que teria morrido em confronto com uma equipe da Rocam (Rondas Ostensivas com o Apoio de Motos) da Polícia Militar, por volta das 23h40 de ontem, quinta-feira (17). Ele é natural de Bacabal (MA) e filho de Antônio José Oliveira Duarte e Erinalda Lima Freitas.

Embora a PM não forneça detalhes do caso, o Blog levantou, cruzando várias informações, que a Rocam recebeu a denúncia de que um homem estaria circulando pelo Bairro Novo Brasil, armado de revólver. Os PMs, então se dirigiram ao local, fizeram buscas, mas não encontraram ninguém com as características do suspeito.

Passaram a fazer rondas, então, na área fronteiriça, já no Bairro Cidade Jardim, onde teriam identificado um homem com as mesmas características informadas na denúncia.

Segundo ainda as informações repassadas à Reportagem, ao ser abordado, o rapaz teria reagido e apontado a arma, um revólver calibre 38, para os policiais militares, que o atingiram com duas balas no peito.

A identificação de José Lucas Freitas Duarte foi possível graças ao trabalho do papiloscopista do Centro de Perícias Científicas, que logo cedo colheu as impressões digitais do morto. Depois, com a entrega do documento de identidade dele na 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil, houve a comprovação de que a pessoa do documento era a mesma que havia morrido baleada. Essa foi segunda morte ocorrida em intervenção policial, em Parauapebas, em menos de 24 horas. (Informações: zedudu.com.br).

Mais detalhes com o âncora Romário Alves, programa Bandeira 2 (TV Difusora/Bacabal), de segunda a sexta-feira, às 06h45. 

Deixe uma resposta