PROPRIETÁRIO DA CASA EM BACABAL EM QUE TRÊS CRIANÇAS MORRERAM ELETROCUTADAS AO TOCAREM EM CERCA QUE POSSUÍA CORRENTE ELÉTRICA, FOI PRESO NA CIDADE DE DOM ELISEU NO PARÁ

Comentários 0

Três anos e sete meses após a tragédia que aconteceu em março de 2016, na Vila Graciete em Bacabal em que três crianças morreram eletrocutadas em uma cerca que possuía corrente elétrica, teve o seu desfecho final na tarde de sábado (19), na cidade de Dom Eliseu, no estado do Pará, com a prisão de Francisco Alves da Silva “Chiquinho”.

Um esforço conjunto que envolveu as participações do comando do 15º BPM de Bacabal, Major PM Duarte que repassou informações privilegiadas ao Delegado Daniel Arruda e ao Investigador Tomaz, sobre o paradeiro do foragido. Daí então mobilizou-se um grande aparato para a localização e prisão de “Chiquinho” na cidade de Dom Eliseu, através da polícia civil daquela cidade nas pessoas dos delegados Marconi Lima Marques e Ancelmo Dourado e dos Investigadores Ramon, Ronaldo e Roberto, que após algumas horas de campana deram cumprimento ao mandado de prisão em desfavor de Chiquinho que será recambiado nas próximas horas para cidade de Bacabal e ficará à disposição da Justiça. O mesmo responderá pela prática de homicídio qualificado.

Todas estas informações chegaram em tempo real e com exclusividade ao repórter e ancora Romário Alves.

A tragédia aconteceu no dia 30 de março de 2016, na Vila Graciete, Bacabal, precisamente na Rua A, Casa 19, próximo ao bar do Meliá, quando três crianças que brincavam nos quintais de várias residências, tocaram em uma cerca que possuía corrente elétrica, sendo as mesmas eletrocutadas. Duas morreram no local e a terceira ainda foi levada ao Pronto Socorro Municipal, porém, não resistiu e veio a óbito.

As vítimas foram Tiago  Sousa Oliveira, 6 anos; David José da Silva, 8 anos, e José Armando Pereira da Silva, 11 anos. Todos residentes no Bairro em que ocorreu a tragédia. Na ocasião populares revoltados atearam fogo na residência de Francisco Carpinteiro.

Mais detalhes com o âncora Romário Alves, programa Bandeira 2 (TV Difusora/Bacabal), de segunda a sexta-feira, às 06h45. 

Deixe uma resposta