DEIXADO PARA TRÁS: VENDEDOR APANHA DO PATRÃO POR CHEGAR ATRASADO. O MESMO PEDE AJUDA PARA RETORNAR À SUA CASA NO RN

Comentários 0

José de Nilson Ribeiro da Silva,  40 anos, é mais um daqueles vendedores ambulantes que encontramos em quase todas as cidades do Nordeste se não fosse ter sido deixado para trás e agredido por seu “patrão”. Segundo relatou, juntamente com outros vendedores estavam vindo do Rio Grande do Norte para o Pará e que constantemente durante o deslocamento param nas cidades e saem oferecendo os seus produtos, no caso específico, redes. Porém, na manhã de ontem (10) já na cidade de Bacabal após algumas vendas teria perdido o horário de saída da cidade em virtude de uma chuva. Ao chegar para o embarque o seu patrão o teria desrespeitado o chamando de vários nomes de calão, o agredido no rosto, onde levou cinco pontos, indo embora o deixando a ver navios.

O pior de tudo é que Antonio Cabeludo que seria o seu patrão e que é natural de Cajazeiras – PB teria levado todos os seus pertences, documentos pessoais e seu remédio, uma vez que se diz soropositivo.

José de Nilson procurou a 16ª Delegacia de Polícia Civil onde registrou um Boletim de Ocorrência e aproveitou para pedir ajuda a população bacabalense com uma passagem até o estado do Rio Grande do Norte onde reside.

Mais detalhes com o âncora Romário Alves, programa Bandeira 2 (TV Difusora/Bacabal), de segunda a sexta-feira, às 06h45. 

OUÇA A ENTREVISTA:

Deixe uma resposta