VEJA QUANTO GANHA EM MÉDIA O VEREADOR DA SUA REGIÃO. PENSE BEM NA HORA DE DECIDIR O SEU VOTO

Comentários 0

O ano de 2020 se caracterizará pelas eleições para prefeitos e vereadores de todo o país. Baseado nas eleições que se aproximam o blog resolveu fazer uma matéria sobre o salário médio de um vereador da região. A média salarial foi calculada levando-se em conta algumas cidades como Bacabal, Pedreiras, São Mateus, São Luís Gonzaga do Maranhão, Bom Lugar, Vitorino Freire, Alto Alegre do Maranhão e Olho D’Água das Cunhãs onde a média alcançou o patamar de R$ 6.400,00 (seis mil e quatrocentos) reais, líquidos.  O salário de um vereador pode variar de acordo com o município. O inciso VI, do art. 29, da Constituição Federal determina que a remuneração de um vereador depende tanto do salário de um deputado estadual, quanto do tamanho do município.

Conforme o município, o salário do vereador pode variar entre 20% a 75% do de um deputado estadual, que por sua vez tem como base o salário do deputado federal. Hoje um deputado estadual ganha R$ 25,3 mil mensais, tirando os auxílios, que equivale a 75% da remuneração de um deputado federal.

Além de salário, o vereador também recebe gratificações que podem chegar a 80% do salário, dependendo do município, assim como verbas indenizatórias (gastos com passagens, combustível, segurança, entre outros) e de gabinete, que servem para a contratação de assessores, despesas gráficas e de telefone.

Mas vamos nos ater aos vereadores da nossa região. O comparativo foi feito em relação ao salário de um cidadão comum que ganha R$ 1.045,00 (mil e quarenta e cinco reais), valor vigente do salário mínimo do país, além de comparativos com dias e horas trabalhadas entre o seu vereador e aquele cidadão comum.

No gráfico acima fizemos o comparativo das horas trabalhadas por mês do vereador e do cidadão comum. Dentro de um mês o vereador da região trabalha 8 (oito horas por mês). Em contrapartida o cidadão comum trabalha 160 (cento e sessenta horas por mês), ou seja, oito horas por dia, de segunda a sexta-feira, isto sem computação do sábado em que a maioria dos trabalhadores dão expediente até o meio-dia.  Trocando em miúdos o cidadão comum trabalha 152 horas a mais que o seu representante.

No gráfico horas trabalhadas por ano o disparate é ainda maior. Um vereador da região trabalha por ano o total de 80 (oitenta) horas e o cidadão comum 1.760 (mil setecentas e sessenta horas, ou seja, 1.680 (mil seiscentas e oitenta horas) a mais que o seu legítimo representante.

No quesito dias trabalhados por semana a diferença entre o vereador da região e o cidadão comum é muito grande. O cidadão comum trabalha 40 (quarenta) horas, enquanto o seu representante apenas 2 (duas) horas, uma diferença de 38 (trinta e oito) horas/semana.

Com relação a quantidade de dias trabalhado por ano entre o seu vereador e o cidadão comum o comparativo é desproporcional. Enquanto o cidadão comum trabalha 220 (duzentos e vinte dias), o vereador trabalha apenas 40 (quarenta) dias. Foi aí excluído o mês de férias do cidadão comum, ou seja, cálculo baseado em 11 meses e os dois meses de recesso do vereador, geralmente em janeiro e julho de cada ano, cálculo baseado em 10 meses de trabalho.

No gráfico acima estar a maior diferença. No salário. Enquanto o cidadão comum ganha por ano, trabalhando em média oito horas por semana de segunda a sexta-feira, R$ 12.540,00 (doze mil, quinhentos e quarenta reais) por ano, o vereador ganha em média R$ 76.800,00 (setenta e seis mil e oitocentos reais) trabalhando duas horas, uma vez por semana.

Além do salário em algumas cidades os vereadores das alas governistas, podem receber até R$ 5.000,00 (cinco mil) reais a mais e os líderes de governo em algumas cidades chegam a ter uma gratificação de até R$ 10.000,00 (dez mil) reais.

Em tempo de eleição é bom o eleitor pensar muito bem em quem depositar o seu voto e se vale a pena reconduzir aquele vereador (a) a mais um mandato. Afinal de conta os vereadores são os legítimos representantes do povo de um município. Escolher certo este vereador é suma importância para o desenvolvimento do seu município.

Deixe uma resposta