INTEGRANTES DA MARINHA DO BRASIL ESTÃO EM BACABAL PARA A REALIZAÇÃO DE INSPEÇÃO NO LOCAL DA TRAGÉDIA EM QUE MORRERAM CINCO PESSOAS POR AFOGAMENTO. O CASO TEVE REPERCUSSÃO NACIONAL

Comentários 0

A Marinha do Brasil, por intermédio da Capitania dos Portos do Maranhão (CPMA), designou uma equipe de Oficiais e Praças até a cidade de Bacabal. O objetivo foi a inspeção da grande enchente do rio Mearim, perímetro, Bacabal, e também para ver o local e fazer um relatório mais detalhado sobre a tragédia que aconteceu no último domingo, no riacho do Igapó, no povoado Pau D’Árco quando cinco pessoas de uma mesma família morreram após a canoa em que estavam ter virado. A embarcação, uma canoa, tipo, rabeta, continha no momento nove pessoas, onde quatro escaparam.

Os marinheiros foram levados ao local por integrantes do 6º Batalhão do Corpo de Bombeiros de Bacabal, que teve a frente o Sargento BM Walisson.

Os mortos na tragédia foram: Francisca Mendes, Jaciellem Mendes, Jordeany Freitas Marinho, Jadson Gabriel da Silva Mendes e Cícero Lohan de Jesus Rodrigues. Todos os corpos já foram encontrados.

Os marinheiros também visitaram a Colônia de Pescadores de Bacabal  e passaram algumas instruções para este período de enchentes, especialmente, para a população ribeirinha. Um relatório será elaborado.

O repórter e verdadeiro ancora da televisão bacabalense, Romário Alves, único repórter presentes trará mais informações amanhã, no Bandeira 2.

Mais detalhes com o âncora Romário Alves, programa Bandeira 2 (TV Difusora/Bacabal), de segunda a sexta-feira, às 06h45.

Deixe uma resposta