OITO ANOS SEM DÉCIO SÁ

Comentários 0

Neste dia 23 de abril de 2020, completam-se oito anos do covarde  assassinato do jornalista Décio Sá, grupo Mirante de Comunicação, em plena Avenida Litorânea, com seis tiros de pistola.

No entanto, mesmo passado todo esse tempo, pasmem, até o momento os mandantes do crime ainda não foram julgados. A polícia, após a investigação, apontou José Alencar Miranda Carvalho, Glaucio Alencar Pontes de Carvalho (filho de José Alencar), ambos agiotas, e José Raimundo Sales Chaves Júnior, o Júnior Bolinha, como mandantes do assassinato.

Somente foram julgados, e já condenados, o autor do crime, o pistoleiro Jhonathan de Sousa Silva (27 anos e 5 meses) e o condutor da moto que deu fuga a Jhonathan, Marcos Bruno de Oliveira (18 anos).

O processo tramita na 1º Vara do Tribunal do Júri, no Fórum Desembargador Sarney Costa, no Calhau. Só que a maioria dos envolvidos, principalmente os mandantes, seguem aguardando julgamento. Segundo a Justiça, a justificativa para essa demora absurda é pelo fato dos réus terem recorrido a outras instâncias superiores, inclusive, ao Superior Tribunal de Justiça (STJ).

E olhem que já se passaram oito anos… (Por Jorge Aragão).

Deixe uma resposta