BACABAL: POLÍCIA CIVIL CADA VEZ MAIS CONVICTA QUE A MORTE DE ALEX ARAÚJO FOI POR AFOGAMENTO

Comentários 0

A polícia civil do Maranhão através da 16ª Delegacia Regional de Bacabal, que tem a frente o delegado Carlos Renato, está cada vez mais convicta que a morte do vaqueiro campeão Alex Araújo, deu-se realmente por afogamento, sendo uma morte acidental, até porque foi o que apontou laudo preliminar do Instituto Médico Legal da cidade de Timon – Ma, para onde o corpo foi levado para necropsia. O corpo de Alex Araújo foi encontrado boiando em um açude no povoado Alto Alegre do Acelino, município de Bacabal, na última segunda-feira (20), após ter desparecido do local onde se realizava uma confraternização no sábado (18). Alex Araújo teria vindo a região para participar de uma live e valorizar um cavalo que seria colocado a venda pelo dono do Haras de nome Thiago.

DELEGADO CARLOS RENATO E O ÂNCORA ROMÁRIO ALVES

Na entrevista concedida ao repórter e verdadeiro ancora da televisão bacabalense, Romário Alves, a autoridade policial dirimiu algumas dúvidas, em especial àquelas soltas em redes sociais. Algumas pessoas já foram ouvidas e todas foram unânimes em afirmar que no local tudo transcorreu dentro da normalidade, que em nenhuma momento houve qualquer tipo de confusão e que Alex Araújo demonstrava ter o carinho de todos os presentes.

Disse também que no local houve consumo de cerveja, whysky e conhaque. Que também ficou sabendo que no dia do evento (18), Alex Araújo teria feio uso do comprimido conhecido por rebite, arrebite ou bolinha, uma droga que mantem a pessoa acordada por mais tempo. Que ainda não pode precisar se Alex Araújo fazia uso de alguma medicação controlada, até porque não teria ainda mantido contato com os familiares deste ou o seu médico.

Na entrevista o delegado Regional de Polícia Civil, Dr. Carlos Renato falou que o corpo do campeão não foi encontrado no local raso onde aparece nas primeiras fotos que circularam na grande rede e sim em uma parte profunda do açude e que a corda vista em uma das fotos, onde muito se comentou que o mesmo poderia ter sido amarrado foi usada por populares para que o corpo fosse levado até um local mais adequado para o completo resgate.

Que a ausência de Alex Araújo do local em que estava havendo a confraternização, não teria sido notada, a priori, pelas pessoas ali presentes e que somente com o termino do evento e a chegada do senhor Thiago que o levaria à sua residência onde este estava hospedado, foi quando sentiram falta de Alex Araújo, onde começaram a procura-lo, mas, sem muito alarde até porque poderia ter saído com alguma pessoa, o que acontece normalmente em festas.

O inquérito caminha para afogamento como causa mortis de Alex Araújo, mas, se surgirem fatos novos, todos serão investigados e concluiu: “ o que não está nos autos, não está no mundo”, disse Carlos Renato.

JOÃO PAULO (PERITO)

Também nesta quinta-feira (23), esteve no local onde aconteceu o fato uma equipe de peritos do Maranhão, liderada pelo senhor Joao Paulo, diretor regional de perícia oficial da região leste do Estado, onde falou que a vinda ao local era uma forma de apoio às investigações para dar suporte ao competente inquérito policial em andamento e que todas as informações técnicas levantadas até o momento foram repassadas ao delegado Regional Dr. Carlos Renato.

Que a vinda da equipe foi apenas para uma vistoria na área onde o corpo de Alex Araújo foi encontrado.

Todos os detalhes com Romário Alves, amanhã, a partir das 06h45, na Tv Difusora, canal 2, dentro do programa Bandeira 2.

RELACIONADAS:

ALEX ARAÚJO: SE AFOGOU OU FOI AFOGADO? 

ENCONTRADO O CORPO DO VAQUEIRO ALEX ARAÚJO

Deixe uma resposta