MAIS UMA VEZ A AGÊNCIA DO BANCO DO BRASIL DA CIDADE DE LAGO DA PEDRA FOI ASSALTADA

Comentários 0

No inicio da tarde desta quinta-feira (17), a agência do Banco do Brasil da cidade de Lago da Pedra foi alvo de assalto. Quatro indivíduos que usavam duas motos, tipo, Brós, teriam participado da ação criminosa. O assalto teria durado algo em torno de três minutos, mas, a equipe dos bandidos fez campana por quarenta minutos, fazendo levantamentos das ruas, quarteirões e agencia bancária, inclusive no interior desta. Segundo os primeiros levantamentos um carro forte, teria abastecido a agencia com dinheiro e tão logo se ausentou, um dos assaltantes que já estava dentro do banco, rendeu o vigilante tomando a sua arma e adentrou em busca do montante.

DOIS SUSPEITOS

O repórter e verdadeiro âncora da televisão bacabalense, Romário Alves, foi ao local. Um dos únicos repórteres do Maranhão a estar presente para contar a verdade dos fatos.  Um dos clientes ao ver a multidão pensou tratar-se de um incêndio, quando se deparou com um dos assaltantes armados que mandou que entrasse à agência. A testemunha disse que correu e observou quando minutos depois, quatro homens saíram do interior do banco com um saco (malote) e fugiram nas duas motocicletas em alta velocidade.

Uma senhora relatou que observou quando o guarda da agência foi rendido, disse também que os meliantes nada falaram e nenhum tiro foi disparado. A gerência do banco não relatou a importância levada pelos bandidos.

Imagens de câmeras de videomonitoramento serão analisadas pela polícia. A polícia militar de toda à área tão logo tomou conhecimento instalou barreiras em vários pontos estratégicos e fez incursões em vários locais com o objetivo de identificar e localizar os assaltantes, mas, até o momento sem êxito.

Lago da Pedra tem um histórico de assaltos a agencias bancárias.

Já em 2020, no dia 14 de fevereiro, bandidos tentaram assaltar a mesma agência do Banco do Brasil. A Polícia Militar conseguiu evitar que a ação criminosa fosse concluída. Os assaltantes, sem êxito na ação, balearam duas pessoas e, na fuga, espalham vários miguelitos por vários pontos da cidade para atrapalhar o desempenho das forças de segurança. Além disso, incendiaram um carro na estrada de acesso à Bacabal e outro na saída para Lago do Junco.

Em junho de 2019, dois filhos do gerente foram sequestrados e só foram liberados depois que o pai (gerente) abriu os cofres da agência e entregou o dinheiro aos assaltantes.

Em novembro de 2012, os assaltantes quebraram  os vidros da agência, recolheram o dinheiro dos caixas e fugiram em direção à saída da cidade levando dois reféns e ainda atearam fogo no veículo que usaram para chegar ao local e seguiram no sentido Lagoa Grande, disparando vários tiros.

Em junho de 2005, bandidos fortemente armados  saquearam o quartel da PM local, bem com a agencia do Banco do Brasil de onde levaram muita grana. Na ocasião um soldado foi preso por dar suporte a quadrilha.

Todos os detalhes com Romário Alves, amanhã, a partir das 06h45, na Tv Difusora, canal 2, dentro do programa Bandeira 2.

Deixe uma resposta