CANDIDATO A PREFEITO É ASSASSINADO A TIROS NO PARÁ

Comentários 0

Adriano Sousa Magalhães (Solidariedade) era candidato na cidade de Dom Eliseu, sudeste do estado. Vítima chegou a receber atendimento médico, mas não resistiu aos ferimentos.

O candidato a prefeito do município de Dom Eliseu, no Pará, Adriano Sousa Magalhães (Solidariedade), foi morto a tiros na noite dessa quarta-feira (7).

De acordo com informações preliminares de testemunhas, Adriano estava jantando em uma barraca, à margem de uma rodovia, nas proximidades de agência do Bradesco, quando foi abordado por um homem armado, que saiu de um carro, que seria um Prisma, de cor preta. O suspeito baleou o candidato na cabeça, retornou ao veículo e fugiu.

Ainda segundo testemunhas, a  vitima chegou a ser encaminhada para um hospital do município, mas não resistiu aos ferimentos.

O delegado da cidade informou que ainda não há informações sobre a motivação do crime. Adriano Magalhães era advogado, nasceu em Teresina, no Piauí, e tinha 39 anos. O RG dele era do Maranhão.

A esposa de Adriano foi secretaria de Saúde da atual administração de Dom Eliseu.

No dia, 25 de setembro, ao ter a candidatura registrada, ele escreveu nas redes sociais: “Hoje tive a honra de concluir meu registro de candidatura à Prefeito de minha querida cidade de Dom Eliseu. De agora pra frente, iremos intensificar nossas ações de visitas e reuniões ao nosso povo, em busca de apresentar propostas viáveis ao nosso município. Nosso maior projeto é a geração de emprego e renda. Por isso sempre dizemos, quem quiser emprego, venham conosco, que nós vamos dar trabalho!

Deixe uma resposta