ASSASSINATO TRIPLO DE IRMÃOS DENTRO DE BARBEARIA EM AÇAILÂNDIA PODE TER RELAÇÃO COM ROUBO DE GADO

Comentários 0

Por Domingos Costa – A motivação para o assassinato dos irmãos Eliomar Gomes da Silva (37 anos), Weslei Trindade da Silva (33 anos) e Ricardo Alves Viana (31 anos) pode ser o roubo de gado na cidade vizinha de Buriticupu. Eles foram alvejados na tarde de sábado (13) na Avenida Principal da Vila Ildemar no município de Açailândia.

Testemunhas disseram que dois homens chegaram em uma motocicleta num salão e puxaram cada um uma pistola. Nesse instante, um dos irmãos estava cortando o cabelo e os outros dois que estavam no lado de fora correram para dento do estabelecimento.

ELIOMAR, WESLEY E RICARDO

Os executores adentraram na barbearia e dispensaram apenas o cabelereiro. Ricardo, Weslei e Eliomar foram assassinados a queima roupa com vários tiros de duas armas diferentes (uma calibre ponto 40 e outra de pistola 380) conforme os projéteis encontrados após o crime.

– Antecedentes criminais  

Informações de uma fonte da SSP-MA repassadas ao Blog do Domingos Costa dão conta que o trio possuía antecedentes criminais como assalto a banco, cargas e ônibus.

Em 2012, Eliomar Gomes da Silva e um outro irmão distinto desses que foram mortos, acabaram presos por integrar um bando suspeito de vários assaltos a ônibus, cargas e agências bancárias.

Na época, eles estavam de posse de 02 (dois) fuzis, sendo 01 (um) AR-15 calibre 556 e 01 (um) FAL 762 amarelo (exclusivo das forcas armadas), 01 (uma) escopeta calibre 12 e 01 (uma) pistola colt 45, que eram usados para praticar os assaltos, segundo a policia.

– Roubo de gado 

Blog do DC apurou que os irmãos assassinados são apontados como autores de um roubo de gado em uma Fazenda na cidade de Buriticupu praticado recentemente.

De acordos com as informações repassadas a esta página, o trio usou um caminhão de pequeno para transportar os animais e, portanto, o crime teria relação direta com o gado roubado.

As investigações desse triplo assassinato estão a cargo da 9ª Delegacia Regional de Açailândia e 26º Batalhão de Polícia Militar, e já apontam para acerto de contas.

Deixe uma resposta