VOCÊ VIU? MARANHENSE É MORTA NOS EUA, POLÍCIA APREENDE CÉDULA FALSA DE R$ 420 E OUTRAS NOTÍCIAS DA SEMANA

Comentários 0

Veja quais foram as notícias em destaque ao longo da semana no portal G1 Maranhão.

Confira o resumo de algumas das principais reportagens e as mais acessadas pelos leitores do G1 Maranhão na semana de 18 a 25 de abril.

Domingo (18)

Um policial civil de 40 anos foi preso neste domingo (18) por participação em uma tentativa de homicídio contra um policial militar em Imperatriz, na região sudoeste do Maranhão. O nome do policial não foi divulgado.

O caso foi gravado pela câmera de segurança de um posto de gasolina, na madrugada deste domingo (18). As imagens mostram um veículo branco se aproximando e disparos são efetuados contra o Cabo da PM Adriano Leite, que estava de folga e alimentando cachorros de rua. O militar é atingido, mas consegue revidar.

Segunda-feira (19)

No último sábado (17), as polícias Civil e Militar de Bacabal realizaram uma operação que resultou com a prisão de uma pessoa, duas motocicletas apreendidas, além da apreensão de uma ‘cédula’ falsa de R$ 420, em alusão ao uso de maconha.

Segundo a polícia, durante a operação, foi dado cumprimento a um mandado de prisão contra um homem, porém o motivo da detenção não foi informado. A prisão aconteceu na cidade de Bom Lugar, a 288 km de São Luís, após um trabalho investigativo e de monitoramento.

Terça-feira (20)

Uma maranhense identificada como Débora Evangelista Brandão foi morta a facadas pelo ex-companheiro, no último domingo (18), na cidade de Phoenixville, no estado da Pensilvânia, nos Estados Unidos.

Débora, de 34 anos, morava nos Estados Unidos há cerca de cinco anos com os dois filhos. O autor do crime, Danilo Sousa Cavalcante, foi preso pela polícia americana no estado da Virgínia uma hora e meia após o assassinato.

Quarta-feira (21)

Na tarde desta quarta-feira (21), quatro pessoas se afogaram na praia do Araçagy, na Região Metropolitana de São Luís. A praia estava lotada devido o feriado do Dia de Tiradentes.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e conseguiu salvar três pessoas ainda com vida, duas mulheres e um homem. No entanto, um jovem de 17 anos, identificado como Leonardo Almeida, já foi encontrado morto no final da tarde.

Quinta-feira (22)

Dados do Monitor da Violência apontam que o Maranhão registrou, em 2020, 41 pessoas mortas por policiais. Quantos aos casos de policiais mortos, cinco foram registrados no mesmo ano. Os números se referem a policiais civis e militares, estando ou não em serviço.

O levantamento aponta que, das 41 pessoas que morreram em confronto com policiais no Maranhão, 40 foram mortas por policiais em serviço e 1 por policial de folga. Esses números representam uma taxa de mortalidade de 0,6% no estado.

Já dos cinco policiais mortos, um morreu em serviço e 4 fora de serviço.

Sexta-feira (23)

Em entrevista coletiva nesta sexta-feira (23), o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), informou que o Governo Federal pediu a ampliação do prazo de análise sobre a importação da vacina Sputnik V. A data definida pelo Supremo Tribunal Federal (STF) seria para a próxima quarta-feira (28).

Segundo o governador, os estados da Amazônia e do nordeste enviaram uma delegação à Rússia e lá encontraram uma delegação do governo federal, fazendo vistorias nas fábricas. Flávio Dino afirmou que discorda dessa ideia de alargamento de prazo e enfatizou que o governo do Maranhão se manifestou pela permanência do prazo até o dia 28 de abril.

Sábado (24)

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu nessa sexta-feira (23), um alerta laranja de chuvas intensas no Maranhão. O alerta deve permanecer até este sábado (24).

De acordo com o Inmet, o esperado é de chuva entre 30 e 60 mm/h ou 50 e 100 mm/dia e ventos intensos (60-100 km/h), risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

Deixe uma resposta