Browsing: André

Nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira (4), um casal de Lago da Pedra, nomes não divulgados, foi assassinado no município de Lagoa Grande. 

O crime aconteceu na Rua Santo Drummond, Bairro Waldir Filho, dentro da residência das vítimas.

De acordo com o delegado de Lagoa Grande, Dr. Rodson, existem fortes indícios de que o casal fosse envolvido com o tráfico de drogas em Lago da Pedra, e vieram para Lagoa Grande possivelmente para se esconderem de ameaças que estariam sofrendo por conta da guerra do tráfico.

As equipes investigativas ainda estão colhendo as informações preliminares, mas a suspeita é de que os responsáveis pela morte tenham vindo de Lago da Pedra, o que mostra que os conflitos por conta de drogas naquele município podem ter alcance em outros lugares da região.

Informações apontam que apesar de terem morado em Lago da Pedra, a moça era natural de Lagoa Grande, enquanto o jovem nasceu no município de Arame. (Por Carlinhos Filho).

Todos os detalhes com Romário Alves, de segunda a sexta-feira, a partir das 06h45, na Tv Difusora, canal 2, dentro do programa Bandeira 2. 

Dos 217 municípios do Maranhão, 168 estão, neste momento, impossibilitados de receber novas doses da vacina contra o novo coronavírus.

A restrição está contida no decreto nº 36.531, editado pelo governador Flávio Dino (PC do B) nesta quarta-feira (03), que, além de impor novas medidas preventivas objetivando conter a proliferação da Covid, determina que “municípios que não tenham efetivamente aplicado, conforme registro no Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SIM), pelo menos 60% das vacinas recebidas terão a entrega de novas doses suspensa até o atingimento do referido percentual”.

O editor do Blog fez um levantamento no site da Secretaria de Estado da Saúde (SES), no campo Vacinação, que atualiza informações acerca do quantitativo de doses distribuídas; doses aplicadas; e percentual de cobertura.

Vale destacar que a última atualização foi feita às 18h de ontem.

Abaixo, por regional, confira as cidades que, neste momento, estão impedidas de receber vacinas de um novo lote de mais de 62 mil doses que o Governo maranhense adquiriu nesta madrugada:

Regional Pedreiras Bernardo do Mearim, Esperantinópolis, Lago da Pedra, Lago do Junco, Lagoa Grande do Maranhão, Lima Campos, Pedreiras, Poção de Pedras, São Roberto.

Regional Bacabal – Bacabal, Altamira do Maranhão, Conceição de Lago Açu, Lago Verde, Olho D´Água das Cunhãs, Paulo Ramos, Vitorino Freire, Alto Parnaíba.

Regional Açailândia – Açailândia, Buriticupu, Cidelândia, São Francisco do Brejão, Itinga do Maranhão, São Pedro da Água Branca, Vila Nova dos Martírios.

Regional Balsas – Feira Nova do Maranhão, Fortaleza dos Nogueiras, Loreto, Nova Colinas, Riachão, Sambaíba, São Félix de Balsas, São Raimundo das Mangabeiras.

Regional Barra do Corda – Arame, Barra do Corda, Itaipava do Grajaú, Grajaú, Fernando Falcão, Jenipapo dos Vieiras.

Regional Caxias: Buriti, Coelho Neto, Duque Bacelar, São João do Sóter.

Regional Chapadinha: Água Doce do Maranhão, Anapurus, Araioses, Brejo, Chapadinha, Magalhães de Almeida, Milagres do Maranhão, Santa Quitéria do Maranhão, Santana do Maranhão, São Bernardo, Tutóia.

Regional Codó: Alto Alegre do Maranhão, Codó, Coroatá, Peritoró, São Mateus do Maranhão, Timbiras.

Regional Imperatriz: Amarante do Maranhão, Buritirana, Campestre do Maranhão, Carolina, Davinópolis, Estreito, Governador Edison Lobão, João Lisboa, Lajeado Novo, Montes Altos, Porto Franco, Ribamar Fiquene, São João do Paraíso, Senador La Roque, Sítio Novo.

Regional Itapecuru-Mirim: Anajatuba, Arari, Cantanhede, Itapecuru-Mirim; Miranda do Norte, Pirapemas, Presidente Vargas, São Benedito do Rio Preto, Vitória do Mearim.

Regional Metropolitana – Alcântara, Paço do Lumiar, São José de Ribamar.

Regional Pinheiro – Bacuri, Bequimão, Cedral, Central do Maranhão, Cururupu, Guimarães, Mirinzal, Pedro do Rosário, Peri Merim, Pinheiro, Porto Rico do Maranhão, Presidente Sarney, Santa Helena, Serrano do Maranhão, Turiaçu, Turilândia.

Regional Presidente Dutra – Capinzal do Norte, Fortuna, Gonçalves Dias, Governador Eugênio Barros, Governador Luiz Rocha, Graça Aranha, Presidente Dutra, Santa Filomena do Maranhão, São Domingos do Maranhão, Senador Alexandre Costa, Tuntum.

Regional Rosário – Bacabeira, Barreirinhas, Icatu, Morros, Rosário, Santa Rita, Santo Amaro do Maranhão.

Regional Santa Inês – Alto Alegre do Pindaré, Bom Jardim, Bela Vista do Maranhão, Governador Newton Bello, Monção, Pindaré Mirim, Pio XII, Santa Inês, Santa Luzia, Satubinha, Tufilândia.

Regional São João dos Patos – Barão de Grajaú, Benedito Leite, Buriti Bravo, Mirador, Nova Iorque, Paraíbano, Pastos Bons, São Domingues do Azeitão, São João dos Patos, Sucupira do Norte, Sucupira do Riachão.

Regional Viana – Bacurituba, Cajapio, Cajari, Matinha, Olinda Nova do Maranhão, Palmeirândia, Penalva, São Bento, São João Batista, São Vicente Férrer, Viana.

Regional Zé Doca – Boa Vista do Gurupi, Cândido Mendes, Carutapera, Centro Novo do Maranhão, Godofredo Viana, Governador Nunes Freire, Luis Domingues, Maracaçume, Maranhãozinho, Nova Olinda do Maranhão, Presidente Medice, São Luzia do Paruá, Zé Doca. (Com informações do blog do Gláucio Ericeira).

O governador anunciou a suspensão de festas e aulas presenciais, diminuição do horário de funcionamento do comércio e edital de auxílio para artistas. O novo decreto valerá de 5 a 14 de março.

O governador do Maranhão, Flávio Dino, anunciou nesta quarta-feira (3), novas medidas para tentar frear o avanço da Covid-19 no estado. Segundo o decreto, que será assinado ainda nesta quarta, serão suspensas festas e aulas presenciais, haverá diminuição do horário de funcionamento do comércio e será lançado um edital de auxílio para artistas. As medidas estarão em vigor de 5 a 14 de março.

Durante entrevista coletiva, o governador informou que serão totalmente suspensas as festas, shows e eventos de qualquer natureza em todo o Estado do Maranhão. E, para que o setor cultural não seja mais prejudicado, o estado vai lançar um edital de auxílio para os artistas. Haverá mil vagas com valor R$ 1.500 para cada apresentação. As inscrições poderão ser feitas a partir de 10 de março.

Outra mudança anunciada foi a diminuição no horário de funcionamento dos estabelecimentos comerciais na Região Metropolitana de São Luís (que abrange a capital, São José de Ribamar, Raposa e Paço do Lumiar). O comércio funcionará, obrigatoriamente, das 9h às 21h. Flávio Dino afirmou que essa medida se restringe à Grande Ilha, pois a região tem mais aglomeração no transporte coletivo.

“O objetivo é desaglomerar, tirar pessoas de dentro do transporte coletivo, de dentro das repartições que ficam aglomeradas, para garantir que haja uma menor circulação do vírus nesse período. Os serviços essenciais continuam a funcionar, assim como o trabalho remoto quando for possível. Após esse período de 15 dias, vamos avaliar”, explicou.

Flávio Dino anunciou, também, que estão suspensas as aulas presenciais nas escolas e universidades do Estado, tanto na rede pública quanto particular. Poderá haver, apenas, aulas remotas.

Serão suspensas, ainda, as atividades presenciais dos servidores públicos estaduais, que não exerçam atividades essenciais. E os trabalhadores do grupo de risco, mesmo que trabalhem em serviços essenciais, devem ser afastados. A regra vale para funcionários públicos e privados.

Além disso, o governador Flávio Dino disse que os municípios maranhenses só receberão novas doses das vacinas contra Covid-19 se comprovarem 60% de aplicação das doses recebidas.

“O município recebe as vacinas. Ao recebê-las, aplica, e tem o dever de alimentar o sistema informatizado do Ministério da Saúde. Não podemos lutar por mais vacinas enquanto no sistema não aparece como aplicada. Então eu decidi, consta no decreto que vou assinar, que dessas vacinas 62.400 doses de CoronaVac recebidas nessa madrugada, só haverá repasse aos municípios que comprovarem a aplicação de pelos menos 60% das doses já recebidas anteriormente. Porque, por alguma razão, no sistema não constam as vacinas como aplicadas”.

Flávio Dino destacou que as medidas sanitárias adotadas são resultado de uma série reuniões com vários segmentos institucionais e sociais, visando a análise do quadro sanitário no Maranhão. Ele ressaltou que o Brasil enfrenta o seu pior quadro desde o início da pandemia e que Maranhão registrou um crescimento de casos ativos. Diante da gravidade do problema, é preciso tomar medidas sanitárias desde as mais simples até as mais complexas.

O governador destacou que as medidas precisam ser cumpridas, para que medidas mais rígidas não sejam tomadas. Ele reforçou a necessidade de manter o isolamento social e de seguir as novas medidas.

“Não é tempo de festas. Mesmo que você não tenha medo do coronavírus, respeite quem tem. Mesmo que você já tenha tido o coronavírus, saiba que você pode ter de novo e pode ser mais grave. Pessoas da sua família podem morrer”, ressaltou Flávio Dino.

Regras que passam a valer a partir de sexta-feira (5) no Maranhão

Estão suspensas: 

  • Quaisquer tipos de festas e eventos;
  • Aulas presenciais de escolas e universidades;
  • Atividades presenciais de Serviços Públicos estaduais.

 Comércio: 

  • Estabelecimentos comerciais na ilha de São Luís só podem abrir às 9h e deverão fechar às 21h.

Outras medidas: 

Alta incidência de casos no Maranhão  

O Maranhão registrou nesta terça-feira (2) 821 novos casos e 21 novos óbitos pela Covid-19. Neste momento, o estado volta a registrar números só vistos em julho de 2020. Ao todo, já são 220.453 casos e 5.095 mortes pela doença.

Segundo o boletim da Secretaria de Estado da Saúde (SES), os casos ativos chegaram a 10.094. Desses casos, 8.993 estão em isolamento social, 657 internados em enfermarias e 444 em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Os casos ativos indicam o número de pessoas que está atualmente em tratamento contra a Covid-19. (G1MA).

 

Ruy estava com 59 anos e morreu vítima de Covid-19 na manhã desta quarta-feira, em Manaus.

O treinador Ruy Scarpino faleceu na manhã desta quarta-feira, em Manaus-AM, vítima de Covid-19, aos 59 anos. Ele estava hospitalizado desde domingo por conta da infecção.

Ruy era natural do Espírito Santo, tinha residência em São Paulo e estava em Manaus a trabalho, pois comandava o Amazonas FC. No futebol do Maranhão, Scarpino colecionou conquistas por Moto Club e Imperatriz.

Scarpino foi campeão maranhense pelo Moto nas temporadas 2004 e 2016. Este último, considerado um dos melhores anos do Moto. Ao comando de Ruy, o time engatou a boa fase e conquistou o acesso para a Série C do Campeonato Brasileiro. A primeira vez que o técnico treinou o Moto foi em 1999, quando iniciou sua caminhada como treinador.

Ruy voltou ao futebol maranhense para ser campeão em 2019, mas pelo Imperatriz. A final foi contra o Moto e uma das mais emocionantes da história do Estadual, quando o Cavalo de Aço marcou o gol do título nos minutos finais. Como goleiro, Ruy Scarpino foi trabalhou pelo Moto Club de 1996 a 1998.

Em 2017, Ruy comandava o Maranhão Atlético e quase conseguiu outro acesso para a Série C do Campeonato Brasileiro. Naquele ano, o time fez boa campanha, mas no terceiro ‘mata-mata’ acabou sendo eliminado pelo Operário-PR.

O irmão de Ruy, Tião Scarpino também foi goleiro do Moto com título maranhense, esteve como preparador de goleiros depois do clube com conquistas.

Além do futebol do Maranhão, Ruy Scarpino foi campeão paulista com o Ituano em 2002 e campeão brasileiro da Série C em 2003 também pelo Ituano. Em 2018, foi vice-campeão paraibano pelo Campinense. (GEMA).

MA/10 – O governador do Maranhão, Flávio Dino, anunciou novas medidas de restrição para o combate ao covid-19 em todo o estado. Durante o período de 5 a 14 de março, eventos e aulas presenciais são suspensos e estabelecimentos comerciais em São Luís terão horário reduzido.

Na capital, os estabelecimentos poderão funcionar de 9h às 21h. Essa medida tem como objetivo diminuir a quantidade de pessoas nos ônibus. Os segmentos poderão fazer requerimento para funcionar em outros horários e os prefeitos podem editar medidas nos demais municípios. Além disso, não poderá haver shows e apresentações artísticas em bares e restaurantes neste período. A pedido da entidades do comércio, também haverá fiscalização mais rigorosa aos estabelecimentos.

As escolas e universidades terão as aulas presenciais suspensas neste período, assim como o trabalho presencial nos serviços públicos estaduais. O governo também irá lançar um edital de auxílio para artistas, com inscrições a partir do dia 10 de março.

Além disso, o governador também anunciou novos leitos e também que as novas doses de vacina contra a covid-19, que chegaram nesta terça-feira, não serão entregues a municípios não utilizaram 60% das doses anteriores e inseriram os dados no sistema do Ministério da Saúde.

O Governador Flávio Dino concede entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira, 3, para anunciar as novas medidas no combate à Covid-19.

Assecom Bacabal, Louremar Fernandes – Dentre as novas medidas está o aumento de leitos na rede estadual. Para o interior do Maranhão, ele anunciou para o dia 8 de março o início do funcionamento do hospital de campanha em Imperatriz, com 60 leitos. Além disso anunciou mais 10 leitos de UTI no hospital macro-regional de Imperatriz. Sobre as parcerias com municípios falou dos casos de Açailândia, Caxias, Codó e Bacabal.

Ao falar sobre os serviços estaduais que estão sendo implantados no prédio da UPA em Bacabal, o governador agradeceu o apoio da Prefeitura nessa empreitada que vai propiciar a oferta de 35 leitos para as pessoas com Covid-19.

A decisão sobre a reabertura do hospital de campanha foi tomada em reunião  realizada na manhã de terça-feira (2), em que participaram Prefeito Edvan Brandão e do Secretário Carlos Lula, o deputado estadual Roberto Costa, a médica Yvanna Lopes Carvalhal, do Comitê Municipal de Acompanhamento e Atenção das Ações de Prevenção de Combate à Covid-19  e o secretário de Administração Davi Brandão.

Doutor Neto, como era conhecido, tinha 54 anos e foi prefeito de Tufilândia de 2013 a 2017; Atualmente ele morava no município de Santa Inês e atuava como médico na região.

O médico e ex-prefeito de Tufilândia, Raimundo Alves Lima Neto, morreu vítima de Covid-19 em um hospital em São Luís, onde estava internado há algumas semanas.

Doutor Neto, como era conhecido, tinha 54 anos foi prefeito de Tufilândia de 2013 a 2017. Atualmente ele morava no município de Santa Inês e atuava como médico na região.

Segundo a família, o corpo do ex-prefeito deve chegar a Santa Inês, a 250 km de São Luís, na manhã desta quarta-feira (3) entrando pelo contorno da BR-316, onde próximo à base da Polícia Rodoviária Federal haverá uma homenagem dos amigos de Santa Inês.

Depois o cortejo seguirá para uma homenagem em Tufilândia e logo após o corpo será levado para o povoado Colônia Pimentel, situado na cidade de Pindaré Mirim, a 255 km da capital, onde o ex-prefeito nasceu e onde será enterrado. Raimundo Alves Lima Neto deixa mulher e cinco filhos. (G1MA).

Competição está no início e nove partidas foram realizadas; FMF não detalhou quantos jogos estão sob investigação

A Federação Maranhense de Futebol (FMF) divulgou nota na manhã desta segunda-feira (1°), falando de uma investigação da própria entidade, sobre suspeitas de manipulação de resultados no Campeonato Maranhense 2021.

Segundo a entidade (veja a nota ao fim da matéria), “após denúncia recebida no domingo, sobre possível tentativa de cooptação de atletas para manipulação de resultados de jogos, iniciou apuração”. A FMF não detalhou quantos e quais jogos estão sob investigação.

O Estadual já teve nove jogos disputados, sendo oito nas duas primeiras rodadas e o jogo de abertura da terceira rodada, Bacabal 2×1 São José. A rodada segue nesta segunda-feira com dois jogos, Iape x Moto, e Pinheiro x Imperatriz. A rodada será concluída na quarta (3) com o jogo Juventude x Sampaio.

Confia a nota na íntegra

FMF INFORMA

A Federação Maranhense de Futebol informa que, após denúncia recebida neste domingo, sobre possível tentativa de cooptação de atletas, para manipulação de resultados de jogos, iniciou apuração, a fim de verificar a veracidade ou não dos fatos narrados.

A Diretoria

1 2 3 4 458