Browsing: André

Mais de 1 milhão de candidatos se inscreveram para 950 vagas.  Provas foram realizadas no último domingo.

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) divulgou na noite desta segunda-feira (20) o resultado final das provas objetivas do concurso público para 950 vagas de nível médio e superior. O Cebraspe foi a organizadora responsável pela seleção.

Os candidatos podem conferir o resultado no endereço eletrônico do INSS. Também foram divulgadas a convocação para a perícia médica e a verificação da condição de negro.

O concurso registrou mais de 1 milhão de candidatos inscritos. As provas foram aplicadas em 15 de maio.

Screen Shot 06-20-16 at 12.01 PM

Concurso
Foram oferecidas 950 vagas em cargos de níveis médio e superior. Os salários são de R$ 4.886,87 e R$ 7.496,09.

Do total das oportunidades, 5% são reservadas para pessoas com deficiência e 20% para negros.

Os cargos de nível superior são para analista do seguro social com formação em serviço social (150). As vagas de nível médio são para técnico do seguro social (800).

As oportunidades são para os estados do Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Rondônia, Roraima, São Paulo, Sergipe, Tocantins, e no Distrito Federal. (G1/MA).

As cidades que não ficaram no escuro estão funcionando na base da liminar na justiça.

Prefeituras de várias cidades do Maranhão deram o calote na conta de luz. As que não ficaram no escuro estão funcionando na base da liminar na Justiça.

A prefeitura de Cedral passa o dia todo fechada. É que a energia está cortada há mais de um ano por falta de pagamento. O gabinete do prefeito foi improvisado em uma salinha ao lado, onde funcionava uma farmácia pública.

O lugar também está com a conta atrasada, mas a prefeitura conseguiu o religamento na Justiça, alegando que tem medicamentos armazenados.

A Secretaria de Saúde também ficou sem luz e se mudou para o laboratório da cidade, que só tem energia por conta da mesma liminar. E a Secretaria de Educação, sem energia, se mudou para uma escola.

Ao todo, o município deve R$ 8 milhões à companhia elétrica. Em Tutóia, a prefeitura também teve a energia suspensa. Encontramos o chefe de gabinete atendendo no escuro.

O secretário adjunto de administração disse não estar muito preocupado com a situação. Com dívida que ultrapassa R$ 1 milhão, a prefeitura tem alugado prédios particulares para manter algumas secretarias funcionando. A de financias, se instalou numa quitinete.

Em São João do Paraíso, pelo menos sete órgãos públicos se mudaram para imóveis particulares por causa da dívida com a energia, que está perto de R$ 2 milhões. E em Santa Quitéria, a prefeitura, há dez meses, nem tem mais o relógio medidor.

A energia chega por esse fio que vai dar neste gerador – improviso que funciona o dia inteiro. Um jeitinho que a prefeitura encontrou pra não ficar sem energia por causa da conta atrasada. A dívida está em mais de meio milhão de reais. O gasto mensal com o gerador passa de R$ 6 mil.

A Prefeitura e a Secretaria de Educação da cidade vizinha, Araioses, também funcionam na base do gerador.

Para a empresa que distribui energia no Maranhão, o custo do calote acaba repassado para os outros consumidores.

“É um custo de gerar, transmitir, distribuir e operar esse sistema. Se há inadimplência compromete toda essa cadeia,” diz Marcos Almeida, diretor comercial da CEMAR. (Luís Cardoso).

Screen Shot 06-20-16 at 11.52 AM

Já virou molecagem. Mais uma vez a agencia dos Correios da cidade de São Luís Gonzaga foi alvo de assalto. A ação ocorreu por volta das 14h30, de hoje (20). Segundo informações, uma pessoa desconhecida entrou a agencia e pediu alguns envelopes para fazer um depósito, no que foi atendido.

Ato continuo teria anunciado o assalto e levado todo o dinheiro do caixa. Segundo a gerente o acusado usava apenas uma boneta para dificultar a sua identificação. Também não soube precisar se estava realmente armado. O curioso é que no momento, no interior da agência, não tinha nenhuma funcionário e nem clientes. Só a gerente e o assaltante.

A gerente não soube precisar a importância em dinheiro levada pelo assaltante que agiu sozinho. Também não há informações se o mesmo estaria a pé ou usava algum tipo de veículo. As câmaras de monitoramento da agência e o telefone há tempos não funcionam.

Um funcionário ao perceber a ação teria se trancado no banheiro e após a saída do assaltante foi até o Destacamento Policial Militar para comunicar o fato.

OUÇA A ENTREVISTA DO CABO PM JÁDSON COMANDANTE DO POLICIAMENTO LOCAL:

andrejunior

As eleições municipais no município de Bacabal, este ano, promete ser uma das mais movimentadas e acirradas. É só no que se fala em todos os senadinhos da cidade e do município. Com uma administração aquém do esperado e enfrentando sérios problemas na educação, infraestrutura e especialmente na saúde, o atual gestor, José Alberto, a priori, não sairia candidato a reeleição, fato desmentido pelo seu líder na câmara municipal, vereador Maninho.

Por outro lado, o ex-prefeito de Bacabal, José Vieira Lins, até o presente momento inelegível, grita aos quatro cantos da cidade que é candidato, onde segundo  especialistas, tentaria caso registrasse a sua candidatura, empurrar goela abaixo um segundo nome, no caso o seu vice, às vésperas da votação com ocorreu há quatro anos.

Nomes alternativos começam a surgir, no mínimo são fichas limpas como os nomes do Dr. Bento Vieira, professora Liduina Tavares, Giselle Velloso e Dr. Francisco Soares, que lançou o seu nome recentemente para apreciação do eleitorado. Nomes  novos com ideias novas e que merecem ser  mais bem analisados pelo eleitorado.

imagem122

Porém, o assunto do momento é um tal de “consórcio” feito a todo custo e a um  custo muito alto que engloba o atual prefeito José Alberto, o ex-prefeitos José Vieira Lins e Dr. Lisboa, o deputado estadual Carlinhos Florêncio e o empresário César Brito que lutariam com unhas e dentes para se manter no poder.

Em outra vertente vem o deputado estadual Roberto Costa,  que também é pré-candidato a prefeito de Bacabal com o apoio do senador João Alberto de Souza e do deputado federal João Marcelo. Sempre debatendo os problemas de Bacabal na assembleia legislativa é hoje, talvez, o nome mais forte para enfrentar o tal consórcio.

imagem120

Roberto Costa procura buscar apoio no meio da população mais carente e em meio aos religiosos. Sabendo dos problemas que enfrentará, caso confirme a sua candidatura, já começa a pensar o nome do companheiro (a) de chapa, o vice-prefeito, que deverá dentre outros pré-requisitos ser carismático (a) e de boa aceitação em todas as camadas sociais. Políticos, empresários e líderes comunitários já se postulam ao cargo.

imagem127

Dentre os postulantes um nome ganha bastante força no grupo em meio aos aliados. Coronel PM Egídio Amaral tem sido procurado por integrantes do grupo e sondado para o cargo, o que vem causando ciumeira em algumas pessoas.

imagem123

Coronel Egídio Amaral é hoje o nome mais cotado para compor chapa com Roberto Costa, credenciado pelo excelente serviço prestado a sociedade de Bacabal durante o período que comandou o 15º Batalhão de Bacabal de janeiro de 2013 a janeiro de 2015. Neste período, em parceria com o delegado regional de Polícia Civil, Carlos Alessandro  conseguiram reduzir consideravelmente os índices de criminalidade na região.

imagem126

No período, centenas de traficantes foram presos, dentre os quais “Osvaldo da Trizidela”, acusado de ser um dos principais chefes do tráfico na região. Várias quadrilhas especializadas em estelionato e tráfico de drogas, também, foram desarticuladas.

imagem121

Mesmo sendo considerado um Oficial operacional sempre teve uma preocupação muito grande com o social. Durante o tempo de comando em Bacabal, reativou o Proerd (Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência) e o Geape (Grupo Especial de Apoio às Escolas), desenvolveu os programas de capoeira e futebol para crianças carentes, cineminha no quartel. Também fez a distribuição de cestas básicas a famílias carentes e vendo a necessidade e dificuldade do povo mais humilde, criou o “Banco de Sangue”, que beneficiou militares e seus familiares como  também a sociedade com um todo.

imagem125

Com atuação notável, foi indicado pelo vereador Serafim Reis, através do Decreto Legislativo nº 08, de 08 de dezembro de 2014, para o recebimento do título de cidadão bacabalense, com aprovação unânime da câmara municipal de Bacabal.

Em setembro de 2015, já como cidadão bacabalense, transferiu o seu domicílio eleitoral para a cidade de Bacabal, estando, portanto, credenciado para compor a chapa com Roberto Costa.

imagem129

“Faço parte de um grupo político. Fui sondado por alguns integrantes deste grupo para esta empreitada e disse que estou pronto, estou preparado, disse o coronel Egídio Amaral que atualmente comanda a Área Metropolitana -3 (Cpam-3) na capital do Estado.

imagem128

Ícone do Maranhão e com uma legião de fãs na internet, o Guaraná Jesus ensaia uma ampliação do seu alcance para outras regiões do país com um apelo “premium” – como são chamados produtos mais sofisticados ou diferentes do usual e que, por serem mais caros, costumam ser mais consumidos pelo público de classe A.

Comprada pela Coca-Cola em 2001, a marca do refrigerante cor-de-rosa de nome instigante sempre foi tratada como marca regional pela gigante mundial de bebidas, com comunicação discreta e sem qualquer divulgação nacional.

Na página da Coca-Cola Brasil na internet, por exemplo, o Guaraná Jesus sequer aparece listada entre as marcas da empresa sob a justificativa que não se trata de um produto com distribuição nacional.

Passados 15 anos da aquisição da marca, a Coca-Cola decidiu, porém, que o Guaraná Jesus “não é mais restrito ao estado do Maranhão”.

Screen Shot 06-15-16 at 12.40 PM

Produto deixa de ser restrito ao Maranhão

Por iniciativa de fabricantes franquiados do sistema Coca-Cola, o Guaraná Jesus começou este ano a ser distribuído oficialmente nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Paraná e no Distrito Federal.

A Brasal Refrigerantes, começou a fabricar o Guaraná Jesus em abril, distribuindo a bebida apenas dentro da sua área de atuação, no Distrito Federal. Até então, o produto era produzido exclusivamente em São Luís pela Solar e encontrado apenas em municípios do Maranhão, Piauí e parte do Tocantins.

Em maio, a Coca-Cola FEMSA, a maior fabricante de refrigerantes do país, anunciou o início da distribuição do Guaraná Jesus em pontos de venda selecionados em cidades de Minas Gerais, São Paulo e Paraná.

Questionada pelo G1 sobre a estratégia da companhia para o Guaraná Jesus e possibilidade do refrigerante vir a ganhar distribuição nacional, a Coca-Cola informou que decidiu iniciar um plano de expansão da marca.

“O Guaraná Jesus é um produto diferenciado e de forte tradição, que merece ser conhecido em todo o país. Por isso, não é mais restrito ao estado do Maranhão. O plano de expansão contempla praças onde há potencial de consumo, o que nos levou, neste momento, a iniciar a distribuição em São Paulo, Minas e Paraná. No entanto, a médio prazo, novos mercados podem ser incluídos, a partir de decisão tomada em conjunto pela Coca-Cola Brasil e pelo fabricante”, disse a companhia.

‘Importado’ de São Luís

Na área de atuação da Coca-Cola FEMSA não haverá produção própria neste primeiro momento. O refrigerante está sendo ‘importado’ do Maranhão. “Por enquanto, estamos apenas distribuindo. Mas foi uma demanda nossa puxar esse produto. Tendo uma boa saída, aí sim a gente começaria a produzir. E, pela escala que temos obviamente pode estourar também em outras franquias [do sistema Coca-Cola], afirma o gerente de marketing da Coca-Cola FEMSA Brasil, George Silva Leite.

Segundo o executivo, o que motivou trazer o refrigerante para a região Sudeste foi o próprio interesse manifestado por consumidores nas redes sociais. Nos últimos anos, o nome curioso e a cor peculiar têm despertado curiosidade e simpatia Brasil afora. No YouTube, fãs entusiasmados e “sommeliers de refrigerante” publicam vídeos com brincadeiras e primeiras impressões sobre a bebida que traz como slogan “O sabor de viver o Maranhão”.
Dobro do preço

Com a distribuição do Guaraná Jesus, a Coca-Cola FEMSA busca ampliar a oferta dos chamados produtos premium e diferenciados na região Sudeste.

“O mix de inovação no mercado está crescendo muito. Da mesma forma que aconteceu no mercado de cerveja e café, essa tendência está vindo também para o mercado de refrigerantes”, diz Leite. “Estamos trazendo o produto como uma inovação, como um produto de nicho, para aqueles consumidores que gostam de experimentar novas marcas e sabores”, completa.

Com o mercado de refrigerantes em baixa – em 2015, as vendas no país caíram 5,9% na comparação com o ano anterior – e sob a mira das campanhas contra a obesidade, o setor tem apostado na diversificação do portfólio para garantir a manutenção das receitas.

O Guaraná Jesus está sendo distribuído em SP, MG e PR apenas na versão em lata de 350ml, com preço sugerido de R$ 4,65 – praticamente o dobro do que custa os refrigerantes tradicionais da empresa – e será posicionado ao lado de refrigerantes importados como Coca-Cola Cherry e Coca-Cola Vanilla.

No Maranhão, o refrigerante costuma ser vendido pelo mesmo preço dos tradicionais. “Na região do Maranhão, o Guaraná Jesus tem um mix de volume próximo ao da venda de Coca-Cola, por isso o preço é menor”, justifica o gerente da Coca-Cola FEMSA.

Criador do Guaraná era ateu

O folclórico refrigerante foi criado em 1927 num laboratório de fundo de quintal em São Luís, pelo farmacêutico Jesus Norberto Gomes. A logomarca foi inspirada na assinatura do seu inventor.

A história difundida pela família ao longo dos anos diz que o objetivo inicial do farmacêutico era produzir uma espécie de magnésia fluída, um remédio que estava na moda na época. O negócio acabou não dando certo, mas evoluiu para um xarope que agradou muito aos netos. Nascia o Guaraná Jesus.

O criador do refrigerante, quem diria, era ateu, tinha fama de comunista e foi excomungado pela Igreja Católica depois de uma briga com um padre. A família conta que, depois de ser exorcizado, Jesus mandou trazer da Alemanha uma série de caras de Fausto (personagem de Goethe que vende a alma ao demônio) e as colocou nas entradas da farmácia, somente para alimentar a lenda. Jesus Norberto Gomes morreu em 1963, sem retornar à Igreja.

O negócio saiu das mãos da família de Jesus em 1980, quando a marca foi vendida à antiga Companhia Maranhense de Refrigerante, na época franqueada da Coca-Cola no estado. Em 2001, o Guaraná Jesus virou notícia nacional ao ser adquirido pela Coca-Cola Brasil, passando a fazer parte do portfólio de marcas da multinacional.

Em 2008, o refrigerante realizou a primeira grande renovação da sua identidade visual, cujo desenho foi escolhido por votação popular. A embalagem atual é inspirada nos azulejos coloniais portugueses de São Luís e ganhou medalha de ouro de melhor estratégia de marketing no Prêmio Internacional de Excelência em Design (IDEA).

No Maranhão, é comercializada desde 2011 também uma versão Zero Caloria do Guaraná Jesus, e o refrigerante é vendido também em garrafas de vidro e em garrafas PET de até 3 litros.

Do G1, SP

assaltante de bacabal jefferson 1

Ontem  (18) o Serviço de Inteligência do 15º BPM conseguiu tirar de circulação Jefferson dos Santos Cardoso, suspeito de cometer assaltos em Bacabal.

De acordo com denúncias, ele, em companhia de um comparsa e utilizando uma motocicleta Yamaha/YBR125 Factor, de cor vermelha, teria tomado de assalto dois aparelhos celulares, por volta das 16 horas, na rua da Paz, bairro Coelho Dias.

Jefferson e o comparsa ainda são apontados como sendo os dois elementos que à noite cometeram assalto a um posto de combustível na avenida Getúlio Vargas.

A polícia conseguiu chegar até Jefferson através da placa do veículo utilizado na ação e que foi anotada por uma das vítimas. (Blog do Sergio Matias).

assaltante de bacabal jefferson 2

Screen Shot 06-15-16 at 12.37 PMMais um assalto a agencia dos Correios no Maranhão. Tufilândia foi o alvo. A ação dos bandidos aconteceu nesta tarde (17), quando quatro meliantes invadiram a agencia e enunciaram o assalto. Um policial militar acabou como refém.

Quando a PM chegou ao local o PM que estava como refém foi executado. Houve confronto e dois assaltantes foram mortos.

O policial militar morto foi identificado como Soldado Caldas/2015. Integrante do 7º BPM, atualmente trabalhava em Tufilândia. Os bandidos mortos ainda não foram identificados.

Os demais conseguiram fugir, mas a polícia fechou o cerco e está à procura dos mesmos que segundo informações estariam escondidos nas imediações.

1 365 366 367 368 369 424