Em atualização

Um ancião de 80 anos, identificado como Francisco Gomes Pereira foi encontrado morto em sua residência na manhã desta sexta-feira dia 9 de abril em sua residência na cidade de São Luís Gonzaga do Maranhão. O mesmo foi encontrado por seu filho que todas as noites visitava o seu genitor para o medicar, porém, não esteve na casa na noite anterior. Nesta manhã, encontrou o seu Francisco deitado e sinais de arrombamento na residência. Ao se aproximar do pai, percebeu que este apresentava sinais de estrangulamento e imediatamente chamou a polícia.

No hospital local foi confirmado o óbito. O filho de seu Francisco Gomes relatou em entrevista ao verdadeiro ancora da televisão bacabalense, Romário Alves que R$ 500,00 reais teriam desaparecido, acrescentando que a vítima teria sido roubada anteriormente. Naquela oportunidade os ladrões levaram do seu Francisco R$ 750,00 reais.

A polícia civil investiga o fato. A qualquer momento mais detalhes.

Mais detalhes com o âncora Romário Alves, programa Falando de boa com Romarinho” no Youtube, de segunda a sexta-feira, às 06h45.

Policiais Militares integrantes do Destacamento PM da cidade de Conceição do Lago Açu (15º BPM), apreenderam na manhã de quinta-feira (8), dezenas de pés de maconha, bem como maconha acondicionada pronta para a venda. A operação aconteceu no povoado Centro do Meio e uma anciã foi conduzida. Os policiais foram ao local que fica a 40km da sede do município para averiguar uma possível venda de maconha.

Nos fundos da residência os policiais se depararam com uma plantação de milho e feijão e no meio do plantio dezenas de pés de uma substancia que aparente ser maconha. Com a chegada da força policial dois homens fugiram matagal adentro.

Com a permissão da senhora detida foi encontrado em um dos quartos da casa várias sacolas com o produto já apurado para venda. Todo o material e a senhora foram apresentados a autoridade competente para os tramites que o caso requer.

Mais detalhes com o âncora Romário Alves, programa Falando de boa com Romarinho” no Youtube, de segunda a sexta-feira, às 06h45.

Podem solicitar o benefício motoristas de aplicativo, taxistas e mototaxistas residentes no Maranhão e com atuação profissional comprovada em qualquer um dos 217 municípios maranhenses.

O governo do Maranhão, por meio da Agência de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB), anunciou a prorrogação do prazo para solicitação do benefício Auxílio-Combustível.

O processo de credenciamento, que foi aberto no último dia 2 de abril, se encerraria nesta quarta-feira (7), mas o prazo foi prorrogado para esta sexta (9). Para solicitar o recurso é preciso fazer a inscrição pelo site: auxilio.mob.ma.gov.br.

Como funciona o Auxílio-Combustível

Segundo a Medida Provisória nº 345, de 26 de março de 2021, o benefício foi uma das estratégias adotadas para amenizar os impactos financeiros da Covid-19, em razão das medidas restritivas impostas para frear a nova escalada de contágio da doença no Maranhão.

Podem solicitar o benefício motoristas de aplicativo, taxistas e mototaxistas residentes no Maranhão e com atuação profissional comprovada em qualquer um dos 217 municípios maranhenses.

Para fazer o cadastro do auxílio, os interessados devem acessar a plataforma auxilio.mob.ma.gov.br e informar os seguintes dados pessoais no Formulário Eletrônico:

  • nome completo
  • RG
  • CPF
  • CNH
  • comprovante de residência
  • e-mail
  • telefone
  • dados bancários de titularidade do beneficiário (conta corrente ou conta digital)

Documentos comprobatórios

Os motoristas deverão apresentar ainda documentos que comprovem sua atuação no segmento.

Taxistas deverão anexar à plataforma de credenciamento:

  • declaração de permissão de prestação de serviço de transporte individual de passageiros emitido pelo respectivo município competente
  • licença do veículo e declaração de comprovação de exercício nos últimos três meses, conforme a plataforma de transporte privado.

Mototaxistas só receberão o benefício mediante apresentação da:

  • licença da moto
  • declaração de permissão de prestação de serviço de transporte individual de passageiros emitido pelo respectivo município competente

Para os motoristas de aplicativo é exigida:

  • declaração de cadastramento na Operadora de Tecnologia de Transporte Credenciada (OTTC)
  • comprovação de quantidade mínima de mil corridas [aplicativos de transporte individual como Uber e 99, são exemplos de OTTC].

Pagamento

O auxílio-combustível será pago em duas etapas durante os meses de abril e maio de 2021, com o valor variando entre R$ 60 e R$ 300, dependendo do veículo e do número de habitantes do município do beneficiário.

Saiba quais são os valores:

  • Cidades com até 20 mil habitantes: R$ 60 para motocicletas e R$ 180 para carros.
  • Cidades com população entre 20 mil e 50 mil habitantes: R$ 80 para motocicletas e R$ 240 para carros.
  • Cidades com mais de 50 mil habitantes: R$ 100 para motocicletas e R$ 300 para carros.

Todo o andamento do processo poderá ser acompanhado dentro da plataforma de cadastro. (G1MA).

O Imparcial – O Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA) retomou o seu funcionamento e o restabelecimento de atividades presenciais em sua sede, localizada em São Luís, e em Unidades Avançadas e Circunscrições Regionais de Trânsito (Ciretrans), por meio da Portaria nº 304, de 1º de abril de 2021.

Esta medida faz parte das estratégias sanitárias, para conter o avanço da Covid-19, de acordo com cumprimento do Decreto Estadual nº 36.643, de 31 de março de 2021, do Poder Executivo Estadual.

A portaria do Detran-MA voltou com o atendimento externo para usuários a partir desta segunda-feira (05), através do prévio agendamento no site do órgão, devendo o usuário comparecer ao local, no dia e horário marcados. Também é importante ressaltar que a lotação de cada setor não vai poder ultrapassar 50% da capacidade física da sede e unidades.

Segundo o Detran-MA, continuaram válidas todas as exigências dos protocolos sanitários como a obrigatoriedade de uso de máscaras por usuários e servidores, o distanciamento social, disponibilização de totens de álcool em gel, higienização de ambientes e dentre outras medidas protetivas que são necessárias para diminuir a disseminação da Covid-19.

Com o objetivo de minimizar a exposição ao vírus, de 5 de março a 11 de abril, todos os servidores do Detran-MA que fazem parte do grupos de maior risco, estarão dispensados do seus exercício de suas respectivas atribuições de forma presencial.

De acordo com a portaria, foram retomadas a aplicação de Exames Teóricos-Técnicos (ETT) em todo o estado, assim como o calendário de Exames de Prática de Direção Veicular (EPDV). As clinicas médicas e psicológicas credenciadas pelo Detran-MA retornam o atendimento em horário normal, sendo em São Luís das 9h às 12h e das 13h às 16h, e nos municípios das 8h às 14h, com o agendamento realizado de forma direta entre os usuário e a respectiva clínica, adotando todas as medidas sanitárias.

Segundo a UFMA, as vagas estão distribuídas entre 62 cursos nos câmpus localizados nas cidades de Bacabal, Chapadinha, Imperatriz, Pinheiro e São Luís (Cidade Universitária); as inscrições vão até 9 de abril.

Do G1MA – O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) de 2021 abriu, na madrugada desta terça (6), as inscrições para vagas em universidades e instituições de ensino públicas de todo o país. A Universidade Federal do Maranhão, que utiliza o sistema para selecionar os candidatos que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no último ano, está ofertando 2.493 vagas pelo Sisu.

Segundo a UFMA, as vagas estão distribuídas entre 62 cursos nos câmpus localizados nas cidades de Bacabal, Chapadinha, Imperatriz, Pinheiro e São Luís (Cidade Universitária).

Para concorrer às vagas na Chamada Regular, o candidato deverá fazer sua inscrição entre os dias 6 e 9 de abril, no site do Sisu.

Caso não tenha sido selecionado, o candidato que deseja continuar concorrendo no Sisu 2021.1 deverá, obrigatoriamente, manifestar seu interesse em participar da Lista de Espera no Sisu e, posteriormente, confirmar o interesse pela vaga no site da UFMA.

Pré-matrícula on-line

Os candidatos convocados para a pré-matrícula deverão submeter a documentação básica e específica (de acordo com cada categoria) no Sistema da UFMA durante os dias 15 a 19 de abril.

Novidades no Sisu 2021

A UFMA divulgou que, pela primeira vez, terá oferta de 40 vagas no Curso de Letras/Libras (Câmpus São Luís) por meio do Sisu. Para concorrer a essas vagas, o candidato precisa selecionar essa opção quando fizer a inscrição para participar do Sisu 2021.1.

Outra novidade é que, nesta primeira edição do Sisu 2021, a UFMA utilizará apenas o Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CaDÚnico), para análise e comprovação da renda dos candidatos que optarem por concorrer às vagas nas subcategorias de baixa renda, não sendo mais necessária a apresentação do rol de documentos exigidos em anos anteriores.

Para tanto, é necessário que os candidatos procurem o Centro de Referência em Assistência Social (Cras) mais próximo de sua residência para efetuar a inscrição ou atualização cadastral no CadÚnico.

 Heteroidentificação Étnico-racial

O candidato deverá submeter, via sistema da UFMA, juntamente com as demais documentações, foto e vídeo para avaliação da Comissão de Heteroidentificação Racial e Verificação étnico-indígena.

De acordo com o IBGE, a suspensão das provas foi motivada pelo corte nos recursos destinados à realização do Censo Demográfico.

Na manhã desta terça-feira (6), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) anunciou que suspendeu a realização dos concursos para o Censo 2021. No Maranhão estavam abertas 691 vagas para agentes censitários supervisor e 5.133 vagas para agente recenseador do IBGE, que iriam realizar o Censo Demográfico 2021 no Maranhão.

De acordo com o IBGE, a suspensão das provas foi motivada pelo corte nos recursos destinados à realização do Censo Demográfico.

Segundo o órgão, as provas objetivas seriam aplicadas presencialmente em 18 de abril para agente censitário municipal e agente censitário supervisor. Para recenseadores, as provas também seriam presenciais, no dia 25 de abril, “seguindo os protocolos sanitários de prevenção da Covid-19”.

De acordo com o Instituto, a suspensão das provas foi motivada pelo corte de 96% do total de recursos destinados à realização do Censo Demográfico. A redução foi aprovada em votação do Orçamento da União no Congresso Nacional para o exercício 2021, divulgada no dia 26 de março.

O Orçamento, aprovado pelo Congresso, reduziu a apenas R$ 71 milhões o valor destinado para a realização da pesquisa – o valor acordado era de R$ 2 bilhões. O texto ainda não foi sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro.

O valor, segundo o instituto, inviabiliza a realização do Censo. Novas datas poderão ser definidas posteriormente, a depender da liberação de recursos.

“O IBGE informa, ainda, que avaliará com o Cebraspe [organizador do concurso] um novo planejamento para aplicação das provas, a depender de um posicionamento do Ministério da Economia acerca do orçamento do Censo Demográfico”, diz o Instituto em nota.

Recenseadores

Os recenseadores são os profissionais que visitarão todos os domicílios do país, entrevistando seus moradores. Eles serão remunerados por produtividade, de acordo com a quantidade de residências visitadas e pessoas recenseadas, considerando ainda a taxa de remuneração de cada setor censitário, o tipo de questionário preenchido (básico ou amostra) e o registro no controle da coleta de dados. Já o agente censitário supervisor supervisiona as equipes de recenseadores. (G1MA).

Por Simplício Araujo – Muita gente ainda insiste em não aderir a medidas sanitárias de prevenção ao Covid-19. Pessoas lotam praias, ruas, estabelecimentos… A vacinação até hoje só imunizou cinco milhões de brasileiros com duas doses, e beiramos os quatro mil óbitos diariamente em nosso país.

As previsões de todos os especialistas apontam para as piores semanas, talvez meses, com dezenas de milhares de pessoas morrendo enfrentando a covid-19 e o colapso de um sistema de saúde que até agora tem dado conta do recado bravamente.

A comparação mais comum é que as quase quatro mil vidas seriam como mais de 10 aviões lotados caindo todo dia, sem sobreviventes. E, no caso da covid-19, não são os passageiros as únicas vítimas diárias.

Tenho conversado com muitos profissionais da linha de frente, maranhenses e de outros estados; tenho visto em seus olhos a dura realidade do ônus que já existe em outros estados e que pode chegar aqui: o de decidir quem vai primeiro para a valiosa vaga de UTI existente. Tenho ouvido soluços de profissionais relatando os momentos que antecedem a uma intubação, quando os pacientes entregam seus telefones aos enfermeiros, após o choro, a tristeza, a voz apavorada em ligações telefônicas breves, que, em 50% dos casos, é de despedida de seus entes queridos.

Tenho rezado por esses profissionais que buscam forças, mesmo exauridos após 14 meses de combate. São sempre panglossianos com suas palavras otimistas, não desnudam o crítico quadro de saúde de pessoas que são convencidas a aceitar a ventilação mecânica ao saber que é a alternativa para não sucumbirem, por insuficiência respiratória, em poucas horas.

Também rezo e peço luz divina na mente de pessoas que acreditam em tudo o que leem nos grupos de redes sociais e que estão de costas para a ciência; que não seguem normas de controle sanitário e medidas restritivas ao bradarem que um “tratamento precoce” cura e resolve. Rezo por gente que me alcança até pela madrugada pedindo ajuda para encontrar um leito, e também pelos que só enxergam interesses individuais; desde pequenos prazeres a grandes lucros, colocando os interesses da coletividade em segundo plano.

Essa receita do tratamento precoce gerou tragédias como a de Manaus, Porto Alegre, Araraquara, e vai gerar onde não for compreendido que as medidas sanitárias devem ser obedecidas.

Também peço sempre a Deus pelos parentes e pelas vítimas desse vírus, e tenho lutado para ajudar a evitar mais mortes. Acredito que cada um pode fazer a sua parte; seja um simples cidadão ou mesmo uma empresa.

Esta pandemia é uma prova de fogo para a humanidade, e por isso o peso deve ser compartilhado. Não podemos deixar todo o peso sobre os profissionais de saúde ou pessoas que estão trabalhando na retaguarda deles. Acima de tudo, não podemos sabotá-los impingindo mais peso ainda nas suas difíceis missões.

Precisamos todos ajudar, mostrar que temos responsabilidade, e exercer a nossa liderança em casa, na rua, no bairro, no trabalho, na igreja, na administração pública e na política de saúde, para que tenhamos o máximo de pessoas vivas para ajudar na reconstrução de nossas cidades, estados e países.

Precisamos dar o melhor de nós. Ter os melhores de nós na liderança dessa guerra fará toda a diferença. A hora pede líderes sensíveis a todos e não apenas à sua própria situação ou seu entorno; solícitos e dedicados a fazer o bem e ter empatia com o próximo.E líderes solidários com o momento plural que ainda está permeado por egoísmos individualistas.

Acredite, você pode contribuir! A humanidade está clamando pela sua contribuição. (Por Domingos Costa).

A informação inicial era de que quatro pessoas haviam sofrido ferimentos leves. Mas, ao chegar no hospital, uma das vítimas, identificada como Paulo Henrique Neves Galvão, de 21 anos, acabou morrendo.

Na manhã desta segunda-feira (5), o Corpo de Bombeiros do Maranhão confirmou que uma pessoa morreu após a ponte Metálica, que fica sobre o rio Mearim, desabar na cidade de Bacabal, nesse domingo (4).

Segundo as autoridades locais, na hora do acidente, havia muitos jovens em cima da ponte, eles tiveram que nadar para não afundar no rio. Não houve registro de desaparecidos.

A informação inicial era de que quatro pessoas haviam sofrido ferimentos leves. Mas, ao chegar no hospital, uma das vítimas, identificada como Paulo Henrique Neves Galvão, de 21 anos, acabou morrendo.

De acordo com a equipe médica, ao examinar a vítima foi descoberto que o jovem tinha lesões internas graves. Paulo Henrique morreu, ainda na noite desse domingo, durante uma cirurgia.

Segundo o comandante do Corpo de Bombeiros de Bacabal, capitão David Rerison, os bombeiros continuam no local para fazer buscas e identificar as causas do acidente.

“Aos sermos acionados constatou-se, de fato, a queda da ponte. E no local havia muitas pessoas, que relataram que havia muitas crianças e adolescentes usando a ponte, pulado de cima dela. O cenário inicial é de que teria vítimas sumidas no rio, mas até o momento não identificamos nenhum caso de desaparecido no rio. Mesmo não tendo informações sobre isso, vamos fazer uma varredura no local, junto com a Defesa Civil estadual, para constatar como se deu o acidente”, explicou o comandante.

De acordo com o capitão David Veiga, chefe do setor de Vistoria e Pareceres da Defesa Civil estadual, o órgão está trabalhando na fase de gestão e resposta, para identificar as causas do acidente.

“A função da identificação dos riscos, desse mapeamento, e a vedação de novas ocupações é uma atribuição do poder municipal, assim com o acionamento do proprietário, para que seja feita a manutenção do objeto”, explicou o capitão David Veiga.

A ponte metálica era somente para pedestres, ligando o bairro Trizidela ao Centro de Bacabal. Há meses, moradores já reclamavam da estrutura da ponte, construída com metal e madeira. Eles relatavam de peças de madeiras e ferro se soltado, além de ser um local de aglomerações, mesmo no pico da pandemia.

A cidade de Bacabal contabiliza 229 mortes, provocadas pela Covid-19. (G1MA).

1 2 3 4 465