IMAGEM ILUSTRATIVA

Prisão do suspeito aconteceu na terça-feira (31) no município de Vitorino Freire após denúncias anônimas.

A Polícia Militar (PM) prendeu na terça-feira (31) no município de Vitorino Freire, a 300 km de São Luís, um homem, que não teve a sua identidade revelada, suspeito de abusar sexualmente a sua enteada de apenas 15 anos. Segundo a PM, a prisão do suspeito aconteceu após denúncias anônimas relatando sobre o ocorrido.

De acordo com a PM, as denúncias afirmavam que os abusos contra a adolescente já estavam acontecendo há cinco anos. A Polícia Militar foi até a casa indicada por meio dessas denúncias e chegando até o local a adolescente e a mãe dela foram interrogadas e confessaram os abusos sexuais e também a ameada de morte.

No momento do interrogatório o suspeito não se encontrava na casa. Os policiais voltaram a casa e fizeram um cerco. O suspeito ainda tentou escapar, mas foi preso pelos policiais militares e entregue a Polícia Civil, que está apurando a denúncia de abuso sexual e ameaça de morte contra a adolescente. (G1MA).

Mais detalhes com o âncora Romário Alves, programa Bandeira 2 (TV Difusora/Bacabal), de segunda a sexta-feira, às 06h45.

FOTO: ARQUIVO

A 16ª Delegacia Regional de Policia Civil de Bacabal, deu cumprimento na manhã desta terça-feira (31) ao cumprimento de Mandado de Prisão Temporária em desfavor de Emanuelly Silva Viana, conhecida como “Manuzinha ou Princesinha do Crime”. A mesma é suspeita de ter participado da prática de homicídio tentado contra um menor, no último dia 22 de fevereiro de 2020, por volta das 22h30, na Rua Duarte do Vale, bairro, São Lucas em Bacabal.

Na ocasião o menor teria relatado aos policiais militares que teria sido atacado por três pessoas. A vítima recebeu mais de dez perfurações pelo corpo, produzidas, aparentemente por arma branca. O menor foi levado às pressas para o hospital regional Dra. Laura Vasconcelos onde se recuperou dos ferimentos.

As investigações tiveram prosseguimento onde a polícia civil chegou ao nome de “Manuzinha ou Princesinha do Crime”. Com a prisão da suspeita a polícia acredita que chegará às identidades dos outros participantes.

Emanuelly Silva Viana foi conduzida ao centro de ressocialização de Piratininga e se encontra a disposição da Justiça, podendo também, ser recambiada a penitenciária de Pedrinhas.

Mais detalhes com o âncora Romário Alves, programa Bandeira 2 (TV Difusora/Bacabal), de segunda a sexta-feira, às 06h45.

A Marinha do Brasil, por intermédio da Capitania dos Portos do Maranhão (CPMA), designou uma equipe de Oficiais e Praças até a cidade de Bacabal. O objetivo foi a inspeção da grande enchente do rio Mearim, perímetro, Bacabal, e também para ver o local e fazer um relatório mais detalhado sobre a tragédia que aconteceu no último domingo, no riacho do Igapó, no povoado Pau D’Árco quando cinco pessoas de uma mesma família morreram após a canoa em que estavam ter virado. A embarcação, uma canoa, tipo, rabeta, continha no momento nove pessoas, onde quatro escaparam.

Os marinheiros foram levados ao local por integrantes do 6º Batalhão do Corpo de Bombeiros de Bacabal, que teve a frente o Sargento BM Walisson.

Os mortos na tragédia foram: Francisca Mendes, Jaciellem Mendes, Jordeany Freitas Marinho, Jadson Gabriel da Silva Mendes e Cícero Lohan de Jesus Rodrigues. Todos os corpos já foram encontrados.

Os marinheiros também visitaram a Colônia de Pescadores de Bacabal  e passaram algumas instruções para este período de enchentes, especialmente, para a população ribeirinha. Um relatório será elaborado.

O repórter e verdadeiro ancora da televisão bacabalense, Romário Alves, único repórter presentes trará mais informações amanhã, no Bandeira 2.

Mais detalhes com o âncora Romário Alves, programa Bandeira 2 (TV Difusora/Bacabal), de segunda a sexta-feira, às 06h45.

Três pessoas foram conduzidas a delegacia de Polícia Civil da cidade de São Luís Gonzaga do Maranhão por posse de arma de fogo e ainda suspeitas de tentativa de invasão a domicílio.  Fato acontecido no último dia 26 de março, às 22h30, no Bairro Trizidela daquela cidade.  Os policiais militares foram acionados em virtude do atendimento de uma ocorrência de perturbação do sossego público. No local os PMs se depararam com um tumulto generalizado onde uma residência estaria sendo invadida em função de um problema referente ao escoamento de água que estaria causando problemas a outra casa.

Ao perceberem a presença da PM os conduzidos empreenderam fuga, sendo capturados, sendo encontrada em posse destas duas espingardas, sendo uma calibre. 32mm e outra tipo soca soca.

O trio foi apresentado a autoridade competente para os tramites que o caso requer.

Mais detalhes com o âncora Romário Alves, programa Bandeira 2 (TV Difusora/Bacabal), de segunda a sexta-feira, às 06h45.

Uma guarnição policial militar fazia rondas e abordagens no Bairro Novo Bacabal, quando se depararam com uma pessoa que em tese comercializada entorpecentes, sendo identificado como Bruno Anjo dos Santos “Capetinha” que ao perceber a presença policial teria empreendido fuga se refugiando em uma residência, onde teria tentado se desfazer do flagrante arremessando dinheiro suposta droga em um quintal.

FOTO: DIVULGAÇÃO/REDES SOCIAIS

Após as buscas feitas no quintal os policiais militares encontraram: 13(treze)papelotes de uma substância análoga a crack; 01(um) celular,  marca Motorola, vermelho; 01(uma)porta cédula e a importância de  R$191,00(cento e noventa e um reais) em espécie.

O conduzido e todo o material foi apresentado na delegacia de polícia civil para os tramites que o caso requer.

Mais detalhes com o âncora Romário Alves, programa Bandeira 2 (TV Difusora/Bacabal), de segunda a sexta-feira, às 06h45.

Female hand holding brazilian money (Real/Reais)

A proposta, já aprovada na Câmara, garante até R$ 1.200 por família no prazo de três meses, durante a crise do coronavírus; Entenda como funciona

Nesta segunda-feira, 30 de março, o Senado tem em pauta analisar o projeto de auxílio no valor de R$ 600 para trabalhadores informais. A proposta, autorizada por unanimidade pela Câmara, pode garantir o valor de até R$ 1.200 por família no prazo de três meses, durante a crise do coronavírus.

Na primeira proposta do governo, quando valor era de R$200, o governo anunciou que o valor custaria em torno de R$15 bilhões ao longo de três meses. O governo ainda não divulgou o impacto orçamentário do vale de R$600, mas ao que tudo indica, se for mantido o mesmo quantitativo de beneficiados da proposta inicial, é possível que o valor a ser desembolsado pelo governo alcance o valor de R$ 45 bilhões.

A proposta permite que até dois membros da mesma família recebam o benefício somando uma renda domiciliar de R$ 1.200. As mulheres que sustentam lares sozinhas poderão acumular dois benefícios individualmente.

Para entrar em vigência, o projeto deverá ser aprovado no Senado e sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Terá direito ao benefício o trabalhador maior de 18 anos que não tiver emprego formal e cuja renda familiar mensal seja de até três salários mínimos (R$ 3.135) ou de até R$ 519,50 por pessoa.

A renda familiar será soma dos rendimentos brutos de todos os membros da família. Se enquadram no mesmo sistema de soma as pessoas que sejam MEI (microempreendedor individual), não recebam benefício previdenciário ou assistencial, seguro-desemprego ou programas de transferência de renda, à exceção do Bolsa Família, que o trabalhador deverá optar por um dos dois benefícios.

Requisitos

O projeto em discussão na Câmara altera a lei do ano de 1993, que prevê a organização da assistência social no país. Segundo o texto da versão final do parecer, a quantia será destinada a título de “auxílio emergencial” ao trabalhador que cumprir os seguintes requisitos:

  • seja maior de 18 anos;
  • não tenha emprego formal;
  • não seja titular de benefício previdenciário ou assistencial, beneficiário do seguro-desemprego ou de programa de transferência de renda federal, ressalvado o bolsa-família;
  • a renda mensal per capita seja de até meio salário mínimos ou a renda familiar mensal total seja de até três salários mínimos;
  • que não tenha recebido em 2018 rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70.
  • Segundo o texto, o benefício somente será pago ao microempreendedor individual, contribuinte individual do Regime Geral de Previdência Social ou trabalhador informal, de qualquer natureza, inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) até 20 de março de 2020.

Cadastro

Segundo o governo, não é necessário se inscrever no Cadastro Único para receber os valores. De acordo com o secretário especial de Previdência e Trabalho, Bruno Bianco Leal, será criado um site juntamente com o Ministério da Cidadania para que a pessoa que não esteja no CadÚnico, mas que cumpre os requisitos, possa se inscrever.

“Quem não está no CadÚnico fará inscrição, fará cadastramento, nesse site que nós divulgaremos no momento oportuno, faremos esses mesmos batimentos (para saber se cumpre os critérios) e ela receberá o benefício”, disse. Até o momento o governo não disponibilizou o site de inscrição.

O cidadão que está cadastrado no Cadastro Único e cumpre os critérios para o benefício (ter mais de 18 anos, não receber outro benefício nem ter emprego com carteira assinada) já está inscrito para receber e não precisa fazer nada, de acordo com informações do Ministério.

Formas de pagamento

Pedro Guimarães, presidente da Caixa Econômica Federal, afirmou que a instituição aguarda a aprovação do Senado para poder iniciar o pagamento social de R$ 600 ao mês para trabalhadores informais. Segundo o presidente, o pagamento ocorrerá em agências bancárias, lotéricas e pelo celular.

Ainda ressalta o presidente que, aqueles que possuem uma conta na Caixa receberão o valor integral em suas contas e os que não forem correntistas do banco podem fazer transferência gratuita para outros bancos. Um calendário deve ser divulgado em breve.

“A Caixa fará parte do esforço sempre para ajudar a população”, declara durante coletiva de imprensa ao lado do presidente Jair Bolsonaro, no Palácio do Planalto.

Veja também: Após pandemia, FGTS pode ter saques de até R$6 mil daqui a 3 meses

Fonte: (noticiaisconcursos).

Policiais Militares da cidade de Paulo Ramos – MA, foram informado por volta das 14h00 do último dia 28 de março (sábado),  que um cadáver teria sido encontrado no povoado Tubatinga, daquele município.  Imediatamente os policiais militares foram ao local e o fato foi constatado. O corpo era de Romário Gomes do Nascimento e foi encontrado enterrado dentro de uma fossa no quintal da casa onde residia. O corpo estava, aparentemente, carbonizado e já  em estado avançado de decomposição.

Segundo familiares da família, Romário estava desaparecida há quinze dias,  porém, nenhum registro foi   feito  na delegacia de polícia e suspeitavam de um primo da vítima de nome Michel. Que os dois moravam juntos. Que o suspeito teria negado qualquer participação no sumiço de Romário, mas, acabou fugindo do local.

Mais detalhes com o âncora Romário Alves, programa Bandeira 2 (TV Difusora/Bacabal), de segunda a sexta-feira, às 06h45.

ROMÁRIO GOMES DO NASCIMENTO (VÍTIMA)

1 2 3 4 384