O cantor piauiense Francisco de Paula Moura, mais conhecido como Paulynho Paixao foi conduzido ao Distrito Policial da cidade de Bacabal – MA, após um show realizado na cidade. Segundo informações o cantor após o evento e já nas dependências de um hotel em que estava hospedado teria agredido a sua companheira. A agredida, que não teve o nome revelado teria se desvencilhado do cantor e pedido ajuda na delegacia de polícia que fica ao lado do hotel. No momento uma guarnição da Polícia Militar estava no local e ouvindo os relatos foi até o hotel onde teria acontecido a suposta agressão e conduziu o cantor para prestar esclarecimentos. O fato ocorreu na madrugada deste domingo (11).

Paulynho Paixão já esteve internado para tratamento contra os vício das drogas. O cantor e compositor é o autor de vários hits de sucessor no país, como: “foi amor”, “fala comigo (alô)”, “meu amor voltou”, “atende aí”, “me acha” e a canção “Nota Dez” gravada por várias bandas e cantores do país. Paulynho Paixão é considerado o “O Rei do coladinho”.

A vítima fez exame de corpo de delito e o cantor poderá responder pelo ato com base na Lei Maria da Penha.

As prefeituras irão partilhar a partir de hoje, sexta-feira, 9 de agosto, o montante de R$ 3,9 bilhões referente ao primeiro decêndio do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Esse valor já está descontada a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). A Confederação Nacional de Municípios (CNM) lembra que esse repasse, geralmente, é considerado o maior do mês, mas alerta para possíveis variações nas demais transferências. Por isso, sugere cautela na gestão dos recursos.

Em valores brutos, incluindo o Fundeb, o montante repassado chega a R$ 4, 9 bilhões. De acordo com os dados da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), o primeiro decêndio de agosto de 2019, comparado com mesmo período do ano anterior, apresentou crescimento de 16,62%. A CNM explica que esse repasse sofre influência da arrecadação do mês anterior, uma vez que a base de cálculo para o repasse é dos dias 20 a 30 do mês anterior. A transferência também representa quase a metade do valor repassado para o mês de agosto.

Quando o valor do repasse é deflacionado, ou seja, levado em conta a inflação do período e feita a comparação com a mesma época do ano anterior, o crescimento chega a 13,09%. Do total transferido a todos os Municípios, as cidades de coeficientes 0,6, que representam a maioria (2.460 ou 44,18%), ficarão com o valor de R$ 987,9 milhões. Esse valor é equivalente a 19,90% do que será transferido.

Valores diferenciados
A CNM também destaca que os Municípios de coeficiente 0,6 são diferenciados em cada Estado. Isso significa que cada um tem um valor na participação do Fundo. Na prática, representa que Municípios 0,6 do Estado de Roraima irão receber valores diferentes dos Municípios de mesmo coeficiente de outros Estados, como, por exemplo, do Rio Grande do Sul.

Ao considerar esse cenário, o primeiro decêndio de agosto do FPM para os Municípios de coeficiente 0,6 do Amapá receberão o valor bruto de R$ 215, 8 mil, enquanto os de mesmo coeficiente do Pará terão creditados o valor bruto de R$ 337, 8 mil sem os descontos. Já os Municípios de coeficientes 4,0 (166 ou 2,98% do total de entes do Brasil) ficarão com o valor de R$ 639, 2 milhões, o que representa 12,87% do que será transferido.

Acumulado
Uma avaliação da CNM com base em dados da STN indica variação positiva do FPM. O total repassado aos Municípios no período de janeiro até o 1º decêndio de agosto de 2019 apresentou crescimento de 8,19% em termos nominais (sem considerar os efeitos da inflação) quando essa comparação é feita com o mesmo período de 2018.

Ao considerar o comportamento da inflação, o FPM acumulado em 2019 indica crescimento de 4,11% em relação ao mesmo período do ano anterior. Apesar de os dados serem favoráveis, a CNM reforça que o Fundo, bem como a maioria das receitas de transferências do País, não apresenta uma distribuição uniforme ao longo do ano. Quando é feita a avaliação dos repasses mês a mês, é possível perceber que as transferências do Fundo ocorrem em dois ciclos distintos. No primeiro semestre estão os maiores repasses do FPM (fevereiro e maio). Entretanto, no outro ciclo, entre julho e outubro, diminuem significativamente, com destaque negativo para setembro e outubro.

Por isso, é importante que os gestores municipais tenham cautela em suas gestões e fiquem atentos ao gerir os recursos municipais. Nesse sentido, a Confederação ressalta a necessidade de planejamento e reestruturação dos compromissos financeiros das prefeituras para que seja possível o fechamento das contas. O gestor pode conferir aqui o valor do primeiro Decêndio que será creditado para o seu Município. O documento elaborado pelos Estudos Técnicos da CNM traz informações por coeficientes e por Estado. Consta ainda na publicação os valores brutos do repasse do FPM e os seus respectivos descontos: os 20% do Fundeb, 15% da saúde e o 1% do Pasep.

Da Agência CNM de Notícias

A tarde do último dia 06 de agosto foi muito especial para todos os servidores da educação de Bacabal. Foram entregues através dos secretários Marcos Ferreira e Jerry Ibiapina (adjunto) as portarias de licença-prêmio por assiduidade e remoções. A solenidade contou ainda com a presença do prefeito municipal de Bacabal, Edvan Brandão, toda a sua equipe, secretários e vereadores. Edvan Brandão um dos grandes entusiastas do projeto. A solenidade aconteceu no auditório da Semed.

O benefício era uma conquista esperada há anos por todos e agora vemos a concretização deste sonho, enfatizou o prefeito de Bacabal.

“É muito bom ver o sorriso, a satisfação estampada no rosto de cada servidor. Além da valorização profissional serve como incentivo a todos os servidores para que prestem a cada dia, um serviço de melhor qualidade aos nossos munícipes. Para mim e o secretário Marcos Ferreira, hoje é um dia muito especial”, disse o secretário adjunto Jerry Ibiapina.

 

Cantor não estava no veículo. Acidente foi registrado na região de Tuntum.

Um ônibus da equipe do cantor Jonas Esticado se envolveu em um acidente e três pessoas ficaram feridas na BR-226, no Maranhão. O caso aconteceu na madrugada desta sexta-feira (9) na região de Tuntum, a cerca de 300 km de São Luís.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), informações preliminares apontam que o ônibus bateu na traseira de um caminhão e acabou saindo da pista.

Jonas Esticado não estava no ônibus. Nas redes sociais, o próprio cantor informou que ninguém ficou ferido e todos passam bem. (G1MA).

A Polícia Militar do Maranhão, instituição sesquicentenária, guardiã da vida, da liberdade e do patrimônio dos cidadãos maranhenses, vem a público discorrer sobre o factoide divulgado através de blog local/reportersilvanalves.com.br, que faz alegações inverídicas ao Comandante do 19º Batalhão de Polícia Militar, situado na cidade de Pedreiras – MA.

A matéria divulgada, que tem como manchete: “DENUNCIA: COMANDANTE DE BATALHÃO ESTARIA COBRANDO PROPINA DE COMERCIANTES PARA MANTER A SEGURANÇA” é totalmente inverídica, atribuindo fatos tipificados como crime a um Oficial Superior da Instituição de forma tendenciosa, irresponsável e sem nenhum critério jornalístico, tentando influenciar a opinião pública contra o trabalho que vem sendo realizado por àquela OPM reconhecidamente pelos resultados alcançados durante a sua gestão, pois a notícia jornalística veiculada não se trata de fatos relacionados a Polícia Militar do Maranhão e muito menos ao Comandante do 19º BPM e sim de outro Estado da federação podendo ser consultado no link: https://www.romanews.com.br/cidade/comandante-da-pm-em-altamira-e-investigado-por-extorquir-comerciantes/49616/.

Portanto, não há que se falar em denúncia e muito menos em crime praticado pelo Comandante do 19º BPM, conforme veiculado pelo blog local, e que o oficial vem desempenhando suas atividades de forma eficaz no controle e combate a criminalidade daquela região.

Por fim, acreditamos no trabalho responsável e democrático desenvolvido pelos profissionais da imprensa e que diante de tais informações inverídicas a Polícia Militar do Maranhão adotará as medidas cabíveis a fim de resguardar a honra desta Instituição e de seus integrantes. (Fonte: PMMA).

1 2 3 4 320