O 15º Batalhão de Polícia Militar da cidade de Bacabal concluiu com êxito na tarde desta quinta-feira (21), o treinamento para os integrantes do Esquadrão Águia. O aperfeiçoamento teve a duração de três dias. O Esquadrão Águia da Polícia Militar capacita guarnições de Batalhões e Companhias Independentes para realização de motopatrulhamento. Foram ministradas instruções sobre instruções de Técnicas de Pilotagem (em curva, frenagem, avançada), Doutrina de Motopoliciamento (fundamentos) e Motopatrulhamento (teoria e prática de abordagem em motocicleta), Técnicas de Abordagem com Motocicletas, Breves Noções de Mecânica, Policiamento de Trânsito, Instrução Tática Individual do Motociclista, Prática de Deslocamento, entre outras. O principal objetivo do Esquadrão Águia é atender a população no menor tempo possível e as viaturas de duas rodas permitem maior agilidade

O motopatrulhamento é uma realidade tanto na capital quanto nas cidades do interior. As instruções servem para qualificar os policiais, unificar doutrinas e formas de atuação, com a função de capacitar os policiais na atividade de motopatrulhamento, difundir a doutrina de motociclismo policial, as técnicas de pilotagem e a legislação de trânsito.O curso habilita ainda os seus integrantes para agir em ocorrências de desbloqueio de vias ocupadas, escolta de autoridades e de bens, combate a crimes cometidos com motocicletas, patrulhamento em áreas de alto risco, dentre outras. As instruções foram ministradas pelo Sargento PM Silas e Soldados PM Paiva e Wendel. Na parte noturna todos foram às ruas colocar em prática os ensinamentos.

Para o comandante do 15º BPM de Bacabal, major PM Berrêdo, os integrantes do Esquadrão Águia atenderão ocorrências de alta complexidade, garantindo acesso a locais em que as viaturas de quatro rodas não conseguem chegar.

 

Assecom Bacabal, Louremar Fernandes – Em reunião realizada nesta segunda-feira, 18, com a equipe do Ministério da Educação que veio a Bacabal tratar da instalação da faculdade de Medicina, o prefeito Edvan Brandão afirmou que sua administração está totalmente empenhada para que esse sonho seja concretizado no município.

A reunião foi realizada na Faculdade Pitágoras  que é a instituição já autorizada pelo MEC para implantar o curso de Medicina. Participaram do encontro diretores da Pitágoras, a equipe do MEC e o prefeito Edvan Brandão acompanhado dos secretários de Administração – Davi Brandão – e de Saúde – James Soares .

O secretário de Administração Davi Brandão disse: “A comunidade bacabalense está ansiosa para o pleno funcionamento desse curso. A cada etapa que avançamos vemos que esse sonho está perto de se tornar realidade. Na reunião de hoje, alinhamos muitos pontos em que a administração municipal se compromete inteiramente para que a faculdade de Medicina funcione o mais breve possível”.

O prefeito Edvan Brandão enfatizou a importância que o seu governo credita à essa iniciativa: “Estou aqui com boa parte da nossa equipe de governo. Os secretários de Administração e de Saúde, estão orientados por mim para que se empenhem o quanto for possível no sentido de que a administração pública de Bacabal possa contribuir para a realização desse sonho. Tivemos uma reunião para análise estrutural do curso e conversamos sobre a capacidade das unidades hospitalares de Bacabal, tenho certeza de que tanto a equipe do MEC quanto a direção da Pitágoras estão conscientes do nosso engajamento nesse projeto que é de grande importância para o povo bacabalense e de toda a região do Médio Mearim”.

Em Bacabal, um dos maiores municípios do Maranhão, a oposição está movimentando a disputa pela presidência da subseção da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB, com o registro da chapa ‘A Mudança é a Juventude’, encabeçada pelos advogados Anderson Miranda e Patrícia Aguiar, candidatos a presidente e vice-presidente, respectivamente.

No ato do registro, o advogado Anderson Miranda disse: “A classe clama por mudanças, e o nosso projeto tem como base resgatar o diálogo coletivo, construindo uma instituição inclusiva, atuante, respeitada, forte, e presente. Estamos discutindo os anseios e ouvindo as reivindicações da advocacia de Bacabal e região, nosso projeto representa a esperança e a renovação, fico feliz em ser o porta – voz dessa mensagem de amor, união e respeito pela advocacia, nossas propostas e soluções estão sendo construídas na base do diálogo, e da participação ativa dos nossos colegas advogados e advogadas. Por isso, entendemos que para além do discurso bonito da chapa de situação, na prática, vemos a urgência na resolução dos problemas enfrentados pela advocacia no dia a dia”.

O candidato a presidente, que apoia o advogado Diego Sá para presidente da OAB/MA, fez ainda uma crítica a atual situação da OAB em Bacabal: “Queremos renovar a direção da OAB Bacabal que transformou aquela casa em um local de poucos e para poucos”. Segundo Anderson Miranda, a mobilização em torno do projeto da oposição está sólido por ser um projeto construído com base no diálogo e que visa satisfazer as necessidades dos advogados.

“Propomos um diálogo permanente, pois se faz necessária a defesa intransigente das prerrogativas da nossa classe, bem como a oportunidade de capacitação continuada para todos, e uma maior inclusão e atenção a jovem advocacia, tanto no acolhimento quanto no direcionamento para enfrentar os desafios que nossa profissão impõe”, diz Anderson Miranda, da chapa ‘A Mudança é a Juventude’.

Duas pessoas foram apresentadas na 16ª Delegacia de Polícia Civil de Bacabal, por uma equipe do Cosar (Comando de Operações e Sobrevivência em Área Rural) do 15º BPM. A dupla foi abordada por volta das 19h00, do dia 9, no povoado Santo Antônio, município de São Luís Gonzaga do Maranhão. A dupla conduzia um veículo Strada, de cor branca. Na ocasião foi realizada busca pessoal e logo após uma vistoria no veículo, na ação realizada foi encontrado um revólver, calibre .38mm.

As abordagens têm se intensificado em toda a área do 15º BPM, especialmente nas MAs que ligam importantes cidades, onde motocicletas estão sendo recuperadas, armas de fogo apreendidas e traficantes presos.

“O policiamento estará diuturnamente nas ruas, patrulhando, fazendo incursões e abordagens em cumprimento a nossa missão constitucional”, disse o comandante do Batalhão, Major PM Berrêdo.

A arma e os conduzidos foram entregues na 16 DRPC em Bacabal sem lesões para as providências cabíveis.

Foi realizada na tarde da última segunda-feira (11), no templo da Assembleia de Deus do povoado Santa Luzia, Lago Verde MA, uma palestra sobre drogas, comportamento escolar e autoridade dos pais.  O público foi de aproximadamente 80 alunos da Unidade Integrada Elisa Coquinho.

A palestra foi ministrada pelo Sargento PM Ivanildo e contou com as presenças da diretora da escola, Sra. Irismar, a secretária de educação, Sra. Elizabeth, Pastor da Igreja Sr. Gilson e as conselheiras tutelares Rosimary e  Aurecy.

Na ocasião foi debatido os malefícios que as drogas causam tanto as lícitas como as ilícitas, da importância do respeito e obediência aos pais e da importância dos estudos na transformação do cidadão.

Por Neto Ferreira – Após solicitação da Promotoria da 47ª Zona Eleitoral, foi determinada, em 1º de outubro, a inelegibilidade, por oito anos, do vereador Leonardo Martins Pereira (mais conhecido como Serra Alta), de São José de Ribamar, por abuso de poder econômico e político, além de captação ilícita de sufrágio durante a campanha de 2020. Pereira também está obrigado a pagar multa de R$ 4.863,30.

Proferida pela juíza eleitoral Samira Barros Heluy, a determinação judicial atende a Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) e Representação ajuizadas, em dezembro de 2020, pela titular da Promotoria, Bianka Sekeff Sallem Rocha.

As manifestações ministeriais são baseadas na comprovação de retenção de títulos de eleitor, em troca de pagamento de R$ 50. Votos no então candidato também eram trocados pelo favorecimento na marcação de consultas e procedimentos junto ao Sistema Único de Saúde (SUS).

LEI MÁRIA

Durante a operação Lei Mária, realizada pela Polícia Federal, em novembro de 2020, foram encontrados na residência do vereador materiais de campanha, cópias de documentos de identificação e cartões do SUS, além de gêneros alimentícios usados para pagamento da compra de votos.

Também foi apreendida lista intitulada “Relatório de Liderança – 2020”, com nomes, telefones e endereços de eleitores recrutados, para controle da quantidade de votos comprados. Outra prova foi a grande quantidade de alimentos não perecíveis encontrada. Para a Promotoria Eleitoral, os produtos, acondicionados em período eleitoral, comprovam utilização destes para compra de votos e exibição de poder econômico.

“Cartões do SUS dos eleitores mostram troca de votos por consultas e exames na rede pública municipal, facilitadas pela abertura que Leonardo Pereira tinha para marcação de procedimentos que, em regra, não dependem de troca ou permuta entre eleitor e candidato”, argumentou a promotora eleitoral, nas manifestações.

Durante a ação da Polícia Federal, também foi revistada uma residência declarada por Leonardo Pereira no Pedido de Registro de Candidatura, cujos proprietários afirmaram não conhecê-lo.

Na casa de um cabo eleitoral do vereador – também registrada no mesmo documento – foram apreendidas listas intituladas “Formulário de Marcação de Consulta”, com nomes e respectivos dados de 64 eleitores.

Outro cadastro encontrado na residência de Costa reforça abuso de poder político. Para Bianka Rocha, como vereador, exercendo mandato e sendo aliado do atual prefeito, Leonardo Pereira tem contatos na administração pública, em especial, junto à Secretaria Municipal de Saúde, facilitando marcação de procedimentos médicos, que não deveria ser condicionada a favores políticos.

“Isto coloca o candidato em vantagem em relação aos demais que não têm acesso à máquina pública, que trabalhou a seu favor enquanto deveria marcar consultas a todos os cidadãos, indiscriminadamente”, explica.

Em posse de outro cabo eleitoral do vereador, foi encontrado caderno com informações de diversos eleitores, nomes e números dos respectivos títulos.

Na residência de uma aliada ao vereador, foram apreendidas 21 listas com nomes, números de títulos eleitorais e endereços de diversos moradores do município. Ela confirmou que trabalhou na campanha de Leonardo Pereira e confessou que intermediou compra de votos de eleitores em troca de dinheiro ou marcação de consultas, exames e cirurgias, corroborando provas de captação ilícita de sufrágio e abuso de poder político.

Por meio de prints do aplicativo Whatsapp, obtidos do celular dela, foi identificado o modus operandi do vereador e cabos eleitorais, que consistia no pagamento de R$ 100 para eleitores que votassem nele e recrutassem outros eleitores. Chamadas de “Líderes de Grupo”, elas eram responsáveis por recrutar outros 10 eleitores, que recebiam R$ 50 individuais.

O comando do 15º BPM tem intensificado as abordagens em toda a área do Batalhão, onde várias armas de fogo já foram tiradas de circulação. Na última quarta-feira, 01 (uma) pistola, PT 938, calibre .380, de nº  KCX66595, com dois carregadores e três munições intactas. Os policiais militares faziam rondas pelo Bairro, Coelho Dias quando se depararam com um veículo, Cruze, vidro fumê em atitude suspeita. No veículo haviam três ocupantes. Na revista veicular foi encontrada a arma supracitada.

Também em Bacabal, Policiais Militares do 15º BPM foram informados  via Central de Operações (Copom), que na Travessa Bacabal, Vila Santos Dumont, estaria havendo um atrito e que uma pessoa estava de posse de uma arma de fogo. No local a guarnição com informações dos  trajes e compleições físicas abordou um homem que ao perceber a presença da PM jogou um invólucro dentro de uma residência que ao ser verificado, foi constatado ser 01 (um)revólver calibre .38mm.

“Nossas equipes não darão trégua à marginalidade. Estaremos atentos diuturnamente para darmos àquela sensação de segurança a população maranhense”, disse o Major PM Berrêdo, comandante do 15º BPM.

Mais uma motocicleta foi recuperada por policiais militares do 15º BPM. O fato ocorreu por volta das 15h10, de quinta-feira (7), precisamente no povoado Santa Cruz, zona rural do município de Conceição do Lago Açu-MA. Os policiais faziam abordagens quando foi encontrado um homem que estava sem documentos pessoais e da motocicleta que pilotava.

Ao ser consultada a placa, seria da cidade de Timon, porém, na consulta feita pelo chassi, a motocicleta teria sido emplacada no município de Codó –Ma. Nas duas consultas foi constatada ocorrência de furto/roubo.

O condutor do veículo não soube explicar os motivos das divergências, sendo apresentado, juntamente com a motocicleta na 16ª Delegacia Regional de Polícia Civil para os trâmites que o caso requer.

1 2 3 4 5 489