Motorista, que não teve a sua identidade revelada, foi alvo da ação criminosa na noite dessa sexta-feira (2) no município de Bom Jardim.

Um motorista de um caminhão, que não teve a sua identidade revelada, foi vítima de uma tentativa de assalto na noite dessa sexta-feira (2) na BR-316, no município de Bom Jardim, a 275 km de São Luís.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motorista estava seguindo na rodovia estadual quando avistou obstáculos na pista e conseguiu desviar. Ele ainda chegou a ser atingido por disparos de arma de fogo, onde três atingiram o antebraço e um atingiu a mão direita.

De acordo com a PRF, mesmo ferido ele conseguiu chegar até um posto de gasolina onde foi socorrido e conduzido até uma unidade de saúde situada na cidade de Santa Inês, a 250 km da capital, e está fora de perigo. O caminhoneiro não conseguiu identificar os criminosos. (G1MA).

Um empresário proprietário da JVM Autocenter, localizada na BR-316, próximo a LG Pneus, teve no ultimo domingo (28), por volta das 17h18, um grande prejuízo. Um homem que utilizava um carro branco e que  se aproveitando da calmaria e poucas pessoas furtou dezenas de baterias e um teste para baterias.

O larápio agiu rapidamente. Se você tem noticias do paradeiro deste material ou identificou o seu autor pelas imagens, denuncie a polícia. Receptação é crime previsto no código penal.

O que é receptação?

Crime que consiste em receptar, em proveito próprio ou alheio, coisa que se saiba ser produto de crime, ou influenciar terceiro de boa-fé a praticar a receptação.

Pena

De acordo como código penal em seu artigo 180 – reclusão, de um a quatro anos, e multa.

Qualquer informação pode ser prestada aos seguintes números:

Telefone fixo: 3621-7526 ou 3621-2813

Celular e Whatsapp: (99) 98126444

Mais detalhes com o âncora Romário Alves, programa Falando de boa com Romarinho” no Youtube, de segunda a sexta-feira, às 06h45.

Programa ‘Aluguel Social Maria da Penha’ concede o benefício de R$ 600 reais por 12 meses para vítimas de violência doméstica ou familiar, que estão impedidas de retornar as suas casas.

G1MA – Mulheres que tenham sido vítimas de violência doméstica no Maranhão podem recorrer ao benefício ‘Aluguel Social Maria da Penha’ durante a pandemia de Covid-19, informou o governo do Estado nesta terça-feira (30). O programa concede aos beneficiários o valor mensal de R$ 600 por um período de 12 meses.

O objetivo é amparar mulheres vítimas de violência doméstica, que estejam amparadas com medidas protetivas e que foram impedidas de retornar as suas casas devido as agressões físicas, sexuais, psicológicas ou que causam danos morais e patrimoniais.

O benefício pode ser suspenso a qualquer tempo, caso haja descumprimento de qualquer um dos requisitos que estejam previstos na Lei nº 11.350, de 2 de outubro de 2020 e no Decreto 36.340. Segundo o governo, observado o prazo da medida protetiva de urgência, o benefício poderá ser prorrogado desde que não ultrapasse o prazo de 12 meses.

Quem pode receber o benefício?

Terão prioridade na concessão do aluguel social mulheres que estão em situação de vulnerabilidade e tenham filhos menores de idade. Veja, abaixo, os requisitos necessários para o recebimento do benefício: 

  • Estar sob uma das medidas protetivas de urgência previstas nos incisos I e III, do art. 23 da Lei Federal nº 11.340, de 7 de agosto de 2006;
  • Comprovar que está em situação de vulnerabilidade, de forma que não consegue arcar com suas despesas de moradia;
  • Comprovar que tinha que tinha renda familiar de no máximo 2 salários mínimos, durante o convívio com o agressor;
  • Comprovar que não possui parentes até segundo grau em linha reta residindo no mesmo município de sua residência.

Como solicitar uma medida protetiva de urgência?

A mulher vítima de violência doméstica ou familiar deve comparecer a delegacias, promotorias ou defensorias especializadas – específicas para atendimento a mulher (Veja a lista completa mais abaixo).

Após a denúncia, a polícia terá 48 horas para enviar o pedido ao juiz, que também terá 48 horas para responder. Não é necessário estar acompanhada de advogado.

A vítima também pode procurar ajuda pela Central de Atendimento à Mulher, pelo número 180.

Locais para denunciar crimes de violência doméstica no Maranhão:  

  • Casa da Mulher Brasileira (CBM);
  • Casa da Mulher Maranhense Imperatriz (CMM);
  • Organismos Municipais de Política para Mulheres (OPM’s);
  • Secretaria Municipal de Assistência Social;
  • CRAS;
  • CREAS;
  • DPE.

No início da tarde desta terça-feira (30), policiais militares do 15º BPM da cidade de Bacabal apresentaram a autoridade competente, dois menores de idade suspeitos do furto de uma moto, Pop, de cor vermelha que estava estacionada nas proximidades de um hotel na rua Getúlio Vargas, no centro da cidade.

Populares desconfiaram da ação da dupla que empurrava o veículo. Após indagados pela população não souberam informar a origem da motocicleta e após varias contradições foram detidos pela turba que chamou a polícia militar.

Mais detalhes com o âncora Romário Alves, programa Falando de boa com Romarinho” no Youtube, de segunda a sexta-feira, às 06h45.

Operação que acontece nesta terça-feira (30) está combatendo a associação para o tráfico, lavagem de capitais e comércio ilegal de arma de fogo em Pinheiro.

A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (30) a operação A Pachetas, que tem como objetivo combater os crimes de tráfico internacional de drogas, associação para o tráfico, lavagem de capitais e comércio ilegal de arma de fogo em Pinheiro, na baixada maranhense.

A investigação conduzida pela Polícia Federal no Maranhão teve início em 2017, e após a realização de inúmeras diligências, foi possível identificar e qualificar dezenas de pessoas que estariam envolvidas em, pelo menos, três associações criminosas com atuação nos estados do Amazonas, Rondônia, Pará e Maranhão.

Desde o início da operação foram apreendidos, aproximadamente, 600kg de cocaína, bem como efetuar a desarticulação de um laboratório próprio para manipulação de drogas (com balança de precisão, material de embalagem, prensa hidráulica e diversos produtos químicos para mistura/refino).

A polícia representou judicialmente por 26 mandados de busca e apreensão e 22 mandados de prisão, sendo tais pedidos deferidos pela 2º Vara Criminal Federal da Seção Judiciária do Estado do Maranhão. Os envolvidos, caso condenados, podem ser apenados com até 47 anos de reclusão. (G1MA).

A Prefeitura de Bacabal publica neste domingo, 28, decreto contendo novas regras para o combate à disseminação do coronavírus. Bares e restaurantes que estavam fechados poderão reabrir. Aulas presenciais estão permitidas em escolas privadas.

As novas medidas entram em vigor na segunda-feira, 29 e a validade se estende até o dia 4 de abril. O novo decreto publicado neste domingo alterou o artigo 5º do Decreto nº 708, de 4 de março de 2011, passa a valer a seguinte redação:

O artigo 5º do Decreto nº 708 de 04 de março de 2021 passa a vigorar com a seguinte redação:

Art. 5º As atividades comerciais como restaurantes, bares, lojas de conveniência, lanchonetes e congêneres poderão funcionar com 50% (cinquenta por cento) da sua capacidade física e deverão encerrar suas atividades diárias às 21 horas, no período de 29 de março a 04 de abril de 2021.

Parágrafo único. No período de vigência deste decreto, os serviços de Delivery e Drive-thru deverão encerrar às 23 horas.

O novo decreto municipal alterou também o artigo 7º, prorrogando a suspensão das atividades presenciais das Secretarias e autarquia vinculadas ao Poder Executivo Municipal, à exceção das Secretarias que exerçam atividades essenciais.

O restante do conteúdo dos Decretos nº 708 de 04 de março de 2021, nº 710 de 11 de março de 2021, nº 713 de 14 de março de 2021 e nº 715 de 21 de março de 2021, permanecem em vigor.

Leia o Decreto nº 717, de 28 de março de 2021. 

Um homicídio foi registrado na cidade de Bacabal na noite de sábado (27), por volta das 21h45.  Sávio Cavalcante Lima, 20 anos de idade foi morte com dezenas de golpes de faca. As primeiras informações dão conta que a vítima teria tomado satisfações com um grupo de pessoas que estavam nas imediações. Houve uma discussão. A vítima que residia na mesma rua teria sido agredida pelos mesmos, momento em que um dos integrantes teria desferido várias facadas em Sávio, que ainda chegou a ser socorrido, mas, não resistiu e veio a óbito.

SÁVIO (VÍTIMA)

Já na manhã deste domingo (28), a Central de Operações do 15º BPM recebeu uma informação que o principal suspeito do homicídio estaria homiziado em uma casa localizada na rua Magalhães de Almeida, centro de Bacabal.

Uma equipe da PM foi ao local e após pedir permissão para o proprietário da casa, encontraram o suspeito ainda dormindo. O mesmo foi detido e apresentado a autoridade competente, após ser levado ao hospital para curativos nas mãos que apresentavam lesões. Uma arma branca, provavelmente, utilizada para golpear a vítima também foi apresentada.

DIÓGENES (SUSPEITO)

Ao verdadeiro ancora da televisão bacabalense, Romário Alves, que agora apresenta o programa “Falando de boa com Romarinho” no Youtube de segunda a sexta-feira, a partir das 06h45, Diógenes da Silva Sousa, disse que matou para se defender, uma vez que Sávio o teria ameaçado riscando a porta da sua casa com uma faca, que inclusive foi lesionado nas mãos pela vítima.

MÃOS DE DIÓGENES

Porém, muito frio disso não ter nenhum arrependimento. Perguntado se houve a participação de mais pessoas no homicídio, disse que não, que agiu sozinho. “Um patinho desses eu mato é só”, acrescentou. Falou também que a vítima era “safado” e andava roubando as pessoas da comunidade. “Não lembro quantas facadas eu dei. Foram umas trinta. Depois fui dormir de boa”. O acusado disse responder uma outra bronca que está sendo apurada pela polícia civil de Bacabal.

ARMA PROVAVELMENTE UTILIZADA NO HOMICÍDIO

A pessoa citada no artigo, constitucionalmente tem o direito de apresentar a sua versão sobre o fato.

Mais detalhes com o âncora Romário Alves, programa Falando de boa com Romarinho” no Youtube, de segunda a sexta-feira, às 06h45.

Uma guarnição da polícia militar (15º BPM) da cidade de Bacabal foi acionada para atender uma ocorrência de receptação de produto roubado, no caso um aparelho celular. O aparelho teria sido rastreado em uma residência localizada no Bairro da Areia, em Bacabal. No local os policiais foram informados por populares que casa, também funcionaria uma “Boca de Fumo”.

Uma mulher identificada, posteriormente, como Luísa de 22 anos ao perceber a presença da PM tentou se evadir pelo quintal e se desfazer do celular, supostamente, roubado, momento em que foi detida.

Após algumas buscas os policiais encontraram 03 celulares, linhas, papel filme, munições, 04 papelotes de uma substancia análoga a crack e R$ 720,00 reais em espécie.

A mulher foi conduzida a delegacia de polícia civil para averiguação.

A pessoa citada no artigo, constitucionalmente tem o direito de apresentar a sua versão sobre o fato.

Mais detalhes com o âncora Romário Alves, programa Falando de boa com Romarinho” no Youtube, de segunda a sexta-feira, às 06h45.

 

1 2 3 4 5 465